domingo, 24 de outubro de 2010

PERUIBENSES DE TODO MUNDO VISITAM ESTE BLOG


Existe um recurso interno do blogspot que me oferece estatísticas de visitas ao blog. Não se trata de um simples contador. Eu posso ver quantos visitantes tive neste dia, durante a semana, no mês ou desde que foi criado o recurso. Acho notável a quantidade de internautas que me visitam do exterior.



Tenho visitas constantes de internautas dos Estados Unidos, Portugal, Alemanha, Japão, Itália, Reino unido e Argentina. Sei que isso é uma consequência da diáspora peruibense, pois não existe outra explicação, considerando que este blog está focado em uma cidade sem importância nacional e - é claro - global. Tenho um irmão que mora na Itália; sei de um sujeito que atualmente reside na Suécia; uma moça lá nas Ilhas Britânicas; uns caras em Tóquio e etc...




E ainda tem gente da Finlândia, Dinamarca, França, Colombia, Angola, Burundi (!) e assim vai. Os peruibenses vão se dispersando pelo mundo. Mesmo considerando que nem todas as visitas do exterior aqui registradas sejam de quem morou ou visitou esta cidade, sem dúvida a maioria é de imigrados. Não são poucos os que tiveram de partir para recomeçar em outras terras. Pouco importa o quanto Peruíbe seja bela se nem todos os seus filhos e filhas conseguem nela trabalho e dignidade.




Para muitos peruibenses restou cair no mundo, e muitos seguirão por esse caminho, enquanto for mantida essa máscara de falso paraíso e portanto de falsa prosperidade.




Ah, sim, agradeço as visitas de tão longe, e desejo aos que partiram que consigam fora o que não lhes foi possível ter aqui. Muito obrigado pela atenção.

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns pelo senso crítico. Sou de SP mas amo Peruíbe e gostaria de ver as coisas melhorarem por aí ( e por aqui também).
Sobre a sua dúvida do porqu~e tantas visitas do exterior, creio que exista uma outra explicação. peruíbe ja´se tornou foco de interesses ufológicos mundial. O alto índice de ocorrências anômalas daí fazem de Peruíbe um a região muitíssimo interessante sob esse aspecto.
Um grande abraço
Geraldo