quarta-feira, 31 de março de 2010

Dengue 2010: tendas em Praia Grande atendem mais de 9 mil pessoas em 20 dias

Flávio Leal


O avanço da dengue em Praia Grande ganha velocidade. Nas duas tendas montadas para atendimento de casos suspeitos, uma no Quietude e outra no Samambaia, foram 9.752 pacientes socorridos nos equipamentos em 20 dias – média de 464 pessoas a cada 24 horas de funcionamento.

A maior parte das pessoas que procuraram as tendas (73%) foi na do Quietude, embora os casos e concentrem mais na região do Samambaia, conhecida como Trevo (Curva do Esse).

“Tínhamos a preocupação de que o aumento excessivo que verificamos a partir de meados de fevereiro no movimento dos pronto-socorros pudesse comprometer o atendimento a pacientes de outras doenças, como cardíacas”, explicou o secretário de Saúde Pública do município, Alexandre Bechara.

Até esta terça-feira, Praia Grande contabiliza 379 confirmações da doença e um total de 2.823 notificações, onde se incluem casos confirmados e suspeitos, que aguardam exame laboratorial, e também os que foram descartados.

A epidemia de dengue se repete a cada quatro anos na Cidade e outros municípios da região e do Estado. Em 2002, foram 8,6 mil casos na Cidade. No ano de 2006, foram 3,1 mil.

Neste ano, a particularidade é que a dengue chegou antes e pegou as autoridades sanitárias de surpresa. “Historicamente, é a partir de meados do mês de março que a doença aparece mais intensamente e quando os municípios estão preparados para as ações de bloqueio”, revelou Bechara.

FONTE: A TRIBUNA

Régis Bittencourt terá Operação Páscoa / 2010

A Autopista Régis Bittencourt, concessionária do Grupo OHL que administra a BR-116 de São Paulo a Curitiba, preparou uma operação especial para o feriado de Páscoa, com recursos operacionais extras e um esquema diferenciado de sinalização com a Operação Serra do Cafezal.

O esquema contará com guinchos, viaturas, recursos extras, montagem de faixas reversíveis e liberação de acostamento para a descida/subida da Serra do Cafezal, na região de Miracatu. A previsão da Concessionária é de que haja um aumento de 15% no volume diário médio de tráfego em relação aos dias normais.

O reforço na operação de atendimento ao usuário começa nesta quinta-feira, 1º de abril, ao meio-dia, e segue até a meia-noite de domingo, 4 de abril. Equipes de engenharia e conservação permanecerão de prontidão para obras emergenciais.

 Atenção: desvios de tráfego

 No km 508, na pista sentido Curitiba, região de Cajati, o tráfego está sendo operado em faixa única por um desvio de 500 metros. No local, a passagem era realizada por meio de um viaduto. Um abalo no solo comprometeu as fundações deste viaduto e, por segurança, ele foi interditado. Não há registro de congestionamento no local.

 Outro desvio fica na altura do Km 331, na pista sentido Curitiba, na região de Juquitiba, onde o tráfego está operando em pista única, com a montagem de uma faixa reversível, sendo duas faixas no sentido sul e uma faixa no sentido São Paulo. A alteração foi necessária devido às obras que serão realizadas na pista norte (São Paulo). No local, houve um afundamento de pista por conta das fortes chuvas.

 A Concessionária alerta que devido ao aumento do volume de tráfego no feriado da Páscoa, poderão ocorrer retenções em razão dos desvios. A recomendação aos usuários é de que redobrem a atenção, reduzam a velocidade e respeitem a sinalização.

Confira a previsão de horários com maior movimento no feriado de Páscoa:

 DIAS E HORÁRIOS DE MAIOR MOVIMENTO

Páscoa – saída

1/4 (quinta-feira): das 17h às 22h

2/4 (sexta-feira): das 6h às 14h

Páscoa – volta

4/4 (domingo): das 16h às 22h

Operação para Serra do Cafezal

A concessionária Autopista Régis Bittencourt, com o apoio Polícia Rodoviária Federal, implantará um plano operacional especial na Serra do Cafezal, trecho de pista simples entre o km 337 e o km 367, região de Miracatu.
O objetivo é aumentar a capacidade volumétrica de veículos por hora no trecho de pista simples, não deixando que se crie congestionamento no trecho de pista dupla. Para isso, será efetuada a liberação do acostamento para o trânsito de veículos em trechos pré-determinados e sinalizados por placas e, ainda, a montagem de uma faixa reversiva no contra-fluxo.
Três painéis de mensagens variáveis (PMV) estarão posicionados em locais estratégicos com informações sobre a Operação. Entre os dias 30 e 31/3, a concessionária fará uma pré-operação de limpeza e verificação de obstáculos no acostamento do trecho da Serra, para eliminação de riscos aos usuários.


FONTE: Blog Curtas da Redação

Até 318 mil veículos devem descer em direção ao litoral na Páscoa

A concessionária Ecovias estima que devem descer em direção à Baixada Santista entre 180 e 318 mil veículos, durante o feriado de Páscoa. A contagem se inicia às 0h do dia 31 de março, quarta-feira, e vai até as 24h do dia 04 de abril, domingo.
A Operação Descida (7x3) será implantada na quinta-feira, a partir das 14h, quando se espera um aumento no fluxo de veículos em direção ao litoral. Os veículos que descem a serra poderão utilizar as duas pistas da Via Anchieta e a pista Sul da Rodovia dos Imigrantes. A subida será feita pela pista norte da Rodovia dos Imigrantes. Importante ressaltar que, nesse tipo de operação, tanto a nova pista da Imigrantes quanto a pista norte da Via Anchieta serão destinadas apenas para veículos de passeio, com o intuito de dividir o tráfego entre as duas rodovias, diminuindo as chances de congestionamentos. A operação 7X3 se estenderá até às 02h de sexta-feira, dia 02 de abril, e volta ser implantada no mesmo dia, das 07h às 14h. Durante todo o sábado o SAI funcionará no esquema normal (5x5), com descida pelas pistas Sul da Imigrantes e Sul da Anchieta e descida pelas pistas Norte das duas rodovias.

Retorno – De acordo com a previsão da Ecovias, o movimento de retorno à capital deve começar já no domingo a partir das 09h quando será implantada a Operação Subida (2x8) que se estenderá até as 2 h da segunda-feira. Os motoristas que saem da Baixada Santista terão as pistas Norte e Sul da Imigrantes e a pista Norte da Anchieta operando com destino à capital.
Durante o feriado, a ECOVIAS trabalhará diariamente com 337 profissionais e 66 viaturas, entre eles 15 pick-ups de inspeção de tráfego, uma ambulância UTI, cinco ambulâncias de resgate, três veículos leves de atendimento rápido, 50 guinchos leves e quatro guinchos pesados.

Tempo de viagem – Para que o usuário programe seu trajeto com mais tranquilidade, a Ecovias oferece o serviço de tempo de viagem, disponível nos paineis de mensagem variável (PMV) das rodovias, no site da Ecovias http://www.ecovias.com.br e também pelo celular, no endereço http://tempodeviagem.ecovias.com.br/. O sistema, pioneiro no país, calcula o tempo médio que os veículos levam para percorrer cada um dos trechos do SAI, nos sentidos capital e litoral.

Cuidados – Para que os usuários do Sistema Anchieta-Imigrantes possam programar e realizar viagens com segurança e conforto, a equipe da ECOVIAS recomenda que os motoristas poupem o freio na descida da serra, mantendo veículo engrenado, respeitem os limites de velocidade e não trafeguem pelo acostamento. As ultrapassagens devem ser feitas somente pela faixa da esquerda e os motoristas não devem esquecer de revisar os itens básicos do veículo, tais como água, óleo, combustível e parte elétrica.

FONTE: Intelog

segunda-feira, 29 de março de 2010

A CRUEL NATUREZA DE UM SEGUIDOR DO GOVERNO BARGIERI



Na postagem abaixo, um tal de Sérgio fez o seguinte comentário a meu respeito:

"DEVE SER UM TRAÍRA DO MEU QUERIDO GILSON BARGIERI
vou te pegar seu troxa".

Nossa, cara, que argumento severo !!! Estou impressionado com tamanha severidade....e autoritarismo. Não sou "traíra" desse senhor, POIS NUNCA O APOIEI. Jamais votei nele e sempre desconfiei dos seus discursos salvacionistas. Pratico o meu direito, em uma sociedade democrática, de me opor, de criticar e de questionar. Mas vejo que em Peruíbe a democracia está em risco.

Palavras desse tipo demonstram o nível de muitos dos simpatizantes do atual governo. Sobre esse pessoal, fiz o seguinte comentário em outro
tópico :

"E não se pode esquecer da turma que adora elogiar, que estava lá. Eita grupo chato !!! Gente autoritária, que não suporta qualquer questionamento aos que mandam no paço municipal. Gente dominana por uma espantosa indigência mental, moral e intelectual. Não me recordo de ter visto em toda a minha vida um grupo tão grotesco, tão ignorante e tão prepotente em seu comportamento servil."

Então esse Sérgio vai me pegar. E me mandar para a versão peruibense da rede de campos de concentração da coréia do norte, aqui conhecida como DESEMPREGO. Existem, segundo a própria "querida líder", a Milena ( Gilson é o nosso "grande líder") cerca de quinze mil prisioneiros nos nossos campos, digo, desempregados na nossa cidade. Mas o fato é que eu JÁ FUI UM PRISIONEIRO...e consegui escapar, para nunca mais retornar. Tive a minha
libertação, e agora prego a fuga dos demais presos e a rebelião da massa aterrorizada, que se ajoelha por migalhas. Não continuem a aceitar tantas humilhações . Tenham coragem e se rebelem, rompam com essa dependencia do poder.

É possível um outro caminho, no qual o munícipe não se animalize, a ponto de escrever ameaças para aqueles que discordem dos seus líderes, resultado do servilismo à classe política, uma bajulação que já nem me espanta. Existem em Peruíbe tipos capazes de coisas que eu jamais poderei tratar aqui. Mas posso recomendar que escutem a poderosa e incontrolável
RÁDIO PEÃO . Sintonizem e deixem o fanático bargierista incapaz de impor seus desejos de censura. Ele e outros fanáticos, por mais que tentem, não poderão vigiar e calar a todos.

6º ENCONTRO UFOLÓGICO de PERUÍBE

6º ENCONTRO UFOLÓGICO de PERUÍBE
DATA: 09, 10 E 11 DE ABRIL DE 2010
Local: Centro de Convenções – Av. São João 545
ENTRADA FRANCA

09 de Abril de 2010 (6ª feira)
19:30 h – Cerimônia de Abertura.
20:00 h – Introdução: Breve apresentação do Roteiro Turístico Ufológico de Peruíbe com Paulo Aníbal G. Mesquita, Ufólogo consultor da Revista UFO e Idealizador do roteiro Ufo turístico.
20:30 h – Conferência Especial com A. J. Gevaerd, fundador e editor da Revista UFO e do site www.ufo.com.br

10 de Abril de 2010 (sábado)
09:30h – Atividade: Saída para o Roteiro Turístico Ufológico
16:00 h – Palestra com Celso Brandão – Monge Tibetano e Físico Nuclear. Tema:Momento cósmico, Consciência Plena
16:50 h – Intervalo
17:00 h – Palestra com Gener Silva, presidente do INAPE - Instituto de Astronomia e Pesquisas (www.inape.org.br). Tema: Evidências Incontestáveis do Fenômeno Ufo
17:50 h – Cofee break.
18:10 h– Palestra especial com o Brigadeiro José Carlos Pereira, ex-comandante do Comdabra - Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro.
19:00 h - Aspectos sobre Ufoturismo, com Marco A.Leal, referência do www.ufoturismo.com.br e Orientações para a Vigília ufológica com Alexandre Ficheli, envolvendo aspectos sobre a utilização da tecnologia de "Visão Noturna".
20:30 h – VIGÍLIA ufológica no deck na "Trilha da Juréia", região do Guaraú. Sob coordenação dos grupos ufológicos que atuam na região atualmente: EXO-X, GEPUPE e GEPUS.

11 de Abril de 2010 (domingo)
09:30 h – Abertura dos trabalhos com Paulo Aníbal G. Mesquita
09:45 h – Apresentação do GEPUPE, Grupo de Pesquisas Ufológicas de Peruíbe. Relatos de ocorrências ufológicas de moradores
10:30 h – Informações e depoimentos relacionados com a casuística Ufológica na região de Peruíbe e adjacências com S.S.Saga.
11:25 h – Intervalo
11:30 h – Observações sobre o mapeamento ufológico em Peruíbe e orientações para á pesquisa de campo
12:30 h – Encerramento.

domingo, 28 de março de 2010

Dengue em Registro: já começam a aparecer casos suspeitos


A combinação de chuva e calor é uma mistura perfeita para a reprodução do mosquito Aedes Aegypti, transmissor da Dengue e estão ocorrendo casos suspeitos da doença, principalmente na região central do municipio, aumentando a probabilidade de transmissão do vírus”. Quem faz o alerta é o Coordenador de Vigilância Sanitária
Departamento Municipal de Saúde da Prefeitura de Registro, Luciano Rocha Innocencio.

A afirmação é sim para chocar, mas ainda mais para fazer com que a preocupação incentive a única maneira de evitar a vinda de vez da dengue para Registro: a prevenção. “Mas uma vez precisamos nos unir. Cuide da sua casa e da rua, junte seus vizinhos e amigos e elimine tudo que possa acumular água, mobilize-se! O combate não pode parar”, diz.

O coordenador ressalta ainda que estatisticamente em 2008 tivemos em Registro 19 casos suspeitos, sem nenhuma confirmação, em 2009 tivemos dois casos suspeitos também sem confirmação mas já em 2010 até o momento temos dois casos suspeitos que ainda estão em investigação. “Não podemos esquecer que municípios vizinhos ou muito próximos já apresentaram casos da doença e cabe cada vez mais a cada um de nós evitar que ela venha para registro, “alerta Luciano Rocha.

FONTE: Diário de Iguape

sexta-feira, 26 de março de 2010

Estado entrega moradias da CDHU e estações de tratamento de esgoto em Peruíbe

Obras fazem parte dos programas de Recuperação da Serra do Mar e Onda Limpa

O vice-governador Alberto Goldman entregou nesta sexta-feira, 26, na Baixada Santista, 200 apartamentos da CDHU destinados a famílias beneficiadas pelo Programa de Recuperação Sociambiental da Serra do Mar.

A mudança dos moradores da Serra do Mar para conjuntos da CDHU representa um salto de qualidade de vida. Além de deixarem áreas de risco, as famílias passam a viver em bairros dotados de infraestrutura urbana completa.

Também na Baixada, o vice-governador participou da inauguração da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Peruíbe, que faz parte do maior programa de saneamento ambiental brasileiro no litoral - Onda Limpa.

"Nós estamos agora terminando as obras que estão fazendo com que o esgoto coletado em toda a região da Baixada seja 100% tratado. A partir do ano que vem, todo o esgoto da região vai ser coletado e tratado. É um grande passo, não existe nenhum lugar no Brasil que se fez isso”, afirmou o vice-governador Alberto Goldman.


Peruíbe

Do total de famílias beneficiadas pelos 387 apartamentos em Peruíbe, 347 foram selecionadas por meio de sorteio público, realizado em janeiro. Outros 40 estão reservadas para famílias de áreas de risco da Serra do Mar. Elas vão morar em apartamento com dois dormitórios, sala, cozinha, banheiro e área de serviços, com área construída entre 51,48 e 55,44 m².

Os imóveis estão distribuídos em dois empreendimentos: o Recanto dos Pássaros, 195 unidades; e o Santa Isabel, com 192 moradias. A companhia investiu R$ 15,4 milhões nos conjuntos, que possuem centros de apoio comunitário, playgrounds, churrasqueiras, guaritas e estacionamentos.

“O Governo do Estado resolveu comprar esse empreendimento e fazer toda a reforma, mudando a qualidade da habitação. Colocamos esquadrilhas de alumínio, pisos, azulejo até o teto na cozinha e no banheiro, uma grande área de convivência, pé direito mais alto porque aqui a região é muito quente. E hoje, neste empreendimento, temos dois tipos de público: a maior parte é de moradores de Peruíbe, mas também abriga 40 famílias que estão vindo da Serra do Mar, estão se mudando de uma área de risco, e por opção delas escolheram morar aqui (Peruíbe), uma cidade com grande qualidade”, disse o secretário da Habitação, Lair Soares Krähenbühl.

O prazo para quitar o financiamento é de até 25 anos. As prestações serão subsidiadas pelo Governo do Estado e calculadas de acordo com a renda familiar. Quem ganha até três salários vai desembolsar 15% dos rendimentos. Em Peruíbe, 92% das famílias que receberão as chaves dos imóveis estão nessa faixa. O valor da menor prestação é R$ 76,50.

“Aqui em Peruíbe na história inteira da CDHU foram construídos cerca de 400 apartamentos e, só na gestão do governador José Serra, nós estamos com mais de mil em produção, além dos 390 entregues. Mostra que triplicou em apenas 3 anos a intervenção do estado nesta região, totalmente regularizada e com a infraestrutura adequada”, afirmou o secretário.

FONTE: SP NOTÍCIAS


Comento: sem dúvida esse empreendimento habitacional é um grande progresso para o nosso município. Não será um fiasco similar ao do JARDIM DAS FLORES , o que justifica o meu argumento. Um raio não cai no mesmo lugar.....eu acho.


E Peruíbe ganhou duas Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs), as quais fazem parte do programa de saneamento ambiental Onda Limpa. O valor total das obras inauguradas hoje é de R$ 104 milhões. Caramba !!!

Para a conclusão das obras em andamento no município serão gastos mais R$ 181 milhões com a instalação de redes coletoras, coletores-tronco, ligações domiciliares e estações elevatórias. A cidade ganha uma considerável melhora estrutural, e muitas pessoas continuarão empregadas.

quarta-feira, 24 de março de 2010

Peruibenses, saibam como se proteger contra a dengue!

* Encha de areia até a borda, os pratinhos dos vasos de plantas
* Lave semanalmente por dentro com escovas e sabão os tanques utilizados para armazenar água
* Mantenha bem tampado os tonéis e barris d’água
* Mantenha a caixa d’água sempre fechada com a tampa adequada
* Se você tiver vasos de plantas aquáticas, troque a água e lave o vaso principalmente por dentro com escova, água e sabão pelo menos uma vez por semana
* Coloque o lixo em sacos plásticos e mantenha a lixeira bem fechada. Não jogue lixo em terrenos baldios
* Remova folhas, galhos e tudo que possa impedir a água de correr pelas calhas
* Não deixa a água da chuva acumulada sobre a laje
* Guarde garrafas sempre de cabeça para baixo
* Entregue seus pneus velhos ao serviço de limpeza urbana ou guarde-os sem água em local coberto e abrigados de chuva.

Os sintomas da doença:

* Febre alta por vários dias
* Dores de cabeça, nos olhos e articulações
* Falta de apetite e fraqueza
* Manchas avermelhadas na pele

Agora temos em Peruíbe 65 doentes com dengue confirmados em laboratório, além de 55 suspeitos.

terça-feira, 23 de março de 2010

Governo abre licitação para recapeamento da SP-55, entre Peruíbe e Miracatu



O governo do Estado abriu licitação para as obras de recapeamento da pista, pavimentação dos acostamentos, implantação de faixas adicionais e contenção de taludes na SP-55 (Rodovia Padre Manoel da Nóbrega), no trecho entre Peruíbe (Km 344) e o entroncamento com a Régis Bittencourt (BR-116, em Miracatu).

O edital foi publicado no Diário Oficial do Executivo, dia 10 de março. Empresas interessadas têm até 9 de abril para retirar o edital e até o dia 16 para apresentar propostas.

Fonte: Diário de Iguape

Administração Bargieri quebra mais um record!!!


Buenba Buenba Darth Maul Simão urgente !!! Ops, essa fala não é minha mas vale a nota:
É, a mania da administração Bargieri de entrar para o Guiness Book o livro dos records esta a toda. Mais um record foi quebrado, o record de manacás mortos na cidade, plantar os manacas pra bater record foi uma beleza, mas cuidar deles para que crescem ninguém quer, eles estão secando, que coisa não....!!!! Confira o video :http://www.youtube.com/watch?v=7bP6iZMUlio

segunda-feira, 22 de março de 2010

Equívoco no combate à dengue em Peruíbe / 2010



Pelo amor de Deus, essa campanha de mobilização contra à dengue, feita no último sábado, é algo que possui um sério problema, que se chama CASA FECHADA FORA DA TEMPORADA.

Mas como eu já tratei disso em outra postagem, visitem o LINK, leiam o texto, e vejam só o que dá quando se demora em realizar algo que MERECIA URGENCIA.

Codivar vai lutar por um CDP em Registro....e Peruíbe vai participar

O Consórcio Intermunicipal de Desenvolvimento do Vale do Ribeira (Codivar) decidiu reivindicar ao governo a construção de um Centro de Detenção Provisória (CDP), em Registro. O assunto foi debatido na reunião mensal do Consórcio, realizada na sexta-feira, 16 de abril. Na mesma reunião foram aprovadas a adesão do município de Peruíbe e a contratação de um secretário executivo.

O relato do delegado seccional de Registro, João Barbosa Filho, sobre os problemas que enfrenta nas cadeias localizadas nos cinco municípios sob seu comando, levou os prefeitos a aprovarem a luta pela construção de um Centro de Detenção Provisória (CDP) em Registro. Para isso, eles vão encaminhar ofício e agendar audiências com o governador José Serra e o secretário de Assuntos Penitenciários, Antonio Ferreira Pinto, para entregar documento formalizando a reivindicação.

Espelhando a realidade nacional, as cadeias do Vale do Ribeira enfrentam superlotação. Segundo Barbosa Filho, no ano passado foram presos 1200 pessoas e há apenas 280 vagas nas cadeias. Ele ressaltou ainda que a necessidade de deslocamentos para remoção de presos para outras regiões chega a mobilizar cinco policiais, que deixam áreas descobertas já que os efetivos das policiais civil e militar na região estão aquém das necessidades.

A prefeita de Registro, Sandra Kennedy, apoiou a construção do CDP ressalvando a necessidade de desapropriação de outra área (e não aquela, às margens da BR-116, reservada pelo governo para uma penitenciária).

Os prefeitos também aprovaram a proposta do prefeito Dinamérico Gonçalves Peroni, presidente do Consórcio, de contratação de um secretário executivo para dinamizar as ações da instituição. Dinamérico nomeou o ex-prefeito de Peruíbe, Màrio Omuro, para o cargo.

A prefeita Sandra Kennedy pediu apoio para que a CETESB licencie duas áreas em Registro para construção da Cefet e para as casas populares do programa Minha Casa, Minha Vida. “Temos que ser mais enfáticos com os órgãos ambientais”, afirmou, incluindo também o IBAMA. Ela alertou que o município que não licenciar cascalheiras em 90 dias terá que fazê-lo pelo trâmite normal.

Também presentes à reunião o engenheiro João Sabino, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), que falou sobre as patrulhas rodoviárias. Ana Lourdes Fideles de Oliveira, diretora do Departamento Regional de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS) entregou aos prefeitos um kit com cartilhas sobre os programas desenvolvidos pela Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social. Também houve apresentação da Vector Engenharia e Sistemas de Automação Ltda.

Participaram também da reunião os prefeitos Merce Hojeije (Juquiá), Rosangela Rosário da Silva (Barra do Turvo), Déa Fátima Moreira da Silva (Miracatu), Aparecida Maschio (Juquitiba), Zetinho de Oliveira (Eldorado), Luiz Koga (Cajati), Sérgio Miashiro (Pedro de Toledo), Nilce Miashita (Sete Barras). Os prefeitos de Iporanga, Peruíbe e Cananéia enviaram representantes.

Fonte: Diário de Iguape


Comentário:
Me chama a atenção o fato de ter sido aprovada pelo Codivar a "adesão do município de Peruíbe"...que é "da baixada santista". É um município tão da baixada, está tão integrado e beneficiado por ser dessa região metropolitana, que com a construção de um CDP em Registro, ou seja, no VALE DO RIBEIRA, vai mandar detentos para lá !!! É a VALERIBEIRALIZAÇÃO em andamento.

Pois é, como somos desprestigiados no pedaço do litoral que SANTOS lidera. E o que sobra para as nossas autoridades é ter um mínimo de pragmatismo, e se aproximar dos nossos vizinhos lá do "outro lado", com os quais temos muitas similaridades. Vizinhos que nos tratam melhor, pois nos enxergam como iguais.

Acho que dá para ser otimista. Quem sabe Peruíbe participará da EXPOVALE  em 2011. Realismo faz bem.

domingo, 21 de março de 2010

MILENA AFIRMA: EXISTEM CERCA DE 15 MIL DESEMPREGADOS EM PERUÍBE




No blog da prefeita Milena, vi na postagem "Milena Bargieri receberá hoje o prêmio Prefeito Empreendedor do Sebrae", um reconhecimento do tamanho do nosso mais grave problema social, o desemprego. Nele ela mesma afirmou que Peruíbe possui cerca de 15 mil pessoas desempregadas, dizendo que esse índice é bem alto. Que bom esse choque de realidade.

Na
postagem, cujo título está na terceira pessoa - embora o texto esteja como que escrito por ela mesma - a prefeita comenta sobre o prêmio "Prefeito Empreendedor do Sebrae", que segundo ela "é o reconhecimento de um trabalho que estamos desenvolvendo em Peruíbe". Agora falta esse reconhecimento por parte da nossa plebe ignorante. Tudo bem, ela diz que ainda "estamos engatinhando na geração de empregos", ou seja, que os resultados virão BEM LENTAMENTE. Caramba, essa moça sabe argumentar. Tenham paciência, descamisados peruibenses, pois virá o dia em que os resultados dos notáveis esforços da nossa governante - e do seu secretário de governo, é claro - frutificarão. Aguentem firme e tenham fé.

Mas tenho que elogiar a Milena, por citar que pelo menos 20% dos peruibenses sofrem por falta de ocupação. É um progresso dizer isso. Se considerarmos certas informações em jornais, tão inacreditavelmente otimistas (e bem selecionadas), fica a impressão de que querem nos fazer acreditar que moramos em uma cidade onde todos têm a oportunidade de encontrar um trabalho e os jovens desocupados o são por serem vagabundos, o que na na maioria dos casos não procede.

Aliás só é possível considerar o EMPREENDORISMO pregado pela prefeitura como sério, se ele contribuir para o fim dessa vergonhosa estratégia de "dinamizar a economia da cidade", com a realização de shows que costumam alimentar o pior do que se possa imaginar em Peruíbe. Cito como exemplo o carnaval local, o qual tradicionalmente atrai traficantes, ladrões, turistas sexuais, consumidores de maconha (de cocaína e outras coisas também), alcoólatras e forasteiros vagabundos de todo tipo. Tem gente que acha fundamental o incentivo ao turismo de baixo nível , embora afugente o visitante de melhor poder aquisitivo ( do tipo que torna Ubatuba o "tigre asiático" do turismo litorâneo) e favoreça a violência, delinquência juvenil, violação da lei do silêncio nas madrugadas e por aí vai.

De fato, Peruíbe engatinha na questão. Engatinha tanto, que para muitos continua a alternativa da estrada, que leva para a busca de outras moradas, onde jovens possam encontrar um lugar ao sol para que não se tornem quarentões frustrados.


quinta-feira, 18 de março de 2010

PERUÍBE, DENGUE EM 2010 E UMA ANTIGA IDEIA QUE JÁ DEU CERTO.


Aviação agrícola é alternativa eficaz no combate à dengue

Sindicato das empresas do setor quer utilizar contra o Aedes aegypti a mesma técnica que, nos anos 70, acabou com surto de encefalite no litoral paulista. Sindag ainda espera autorização do Ministério da Sáude.


Com a chegada do verão, a preocupação com as doenças endêmicas, provocadas por mosquitos, como o Aedes Aegypti, transmissor da dengue, cresce. O inseto prolifera-se principalmente dentro ou nas proximidades das habitações, em locais com acúmulo de água limpa. Uma solução eficaz para o problema existe. Há anos, o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) vem demonstrando preocupação com o caso. Já lançou propostas ao Ministério da Saúde elencando as vantagens em utilizar as aeronaves agrícolas para o combate do transmissor. Acompanhe no texto abaixo as tratativas.


Mais de um ano se passou e o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) ainda aguarda uma resposta do Ministério da Saúde sobre a proposta de testar o uso de aviões no combate ao mosquito Aedes aegypti. Segundo o presidente do Sindag, Júlio Kämpf, a expectativa era de que houvesse um sinal verde do Ministério para se testar a técnica no surto ocorrido no começo de 2009 em alguns estados, principalmente na região nordeste. “Temos plena confiança em um teste com resultado positivo. Isso nos credenciará para, em seguida, adotar a técnica em larga escala”, complementa. O assunto foi, inclusive, debatido no Congresso Nacional de Aviação Agrícola (Congresso Sindag), realizado em junho do mesmo ano, em Cuiabá (MT)...

A ideia do sindicato é aplicar no Brasil uma técnica utilizada há mais de 30 anos na Hungria, nos Estados Unidos, em Cuba, na Colômbia, além de outros países. E que não é novidade por aqui. "Em 1975, o uso de aviões foi responsável pela extinção dos focos de mosquitos culex na região da Baixada Santista, em São Paulo", explica o assessor técnico do Sindag, engenheiro agrônomo Eduardo Araújo. Na época, com três aplicações em quatro semanas, a estratégia acabou com um surto de encefalite que assolava municípios como Mongaguá, Itanhaém e Peruíbe. A técnica não traz danos ao meio ambiente, comprovadamente.

Araújo explica que, basicamente, os aviões aplicariam por cima das casas o mesmo inseticida atualmente pulverizado por terra, em bombas acopladas sobre caminhonetes (os chamados fumacês) ou por equipamentos portáteis presos às costas de funcionários da Vigilância Sanitária. "Com a vantagem de atingir facilmente as áreas nos fundos das propriedades, terrenos baldios com muro e pontos de banhado e áreas de águas paradas afastadas das vias públicas (onde os fumacês muitas vezes não alcançam). Isso além do fator velocidade, já que, com o avião, os mosquitos não têm tempo de fugir da nuvem de produto." Outra vantagem adicional da rapidez é o tratamento de mais de quatrocentos quarteirões em apenas uma hora de voo explica o assessor técnico.

Segundo Júlio Kämpf, a principal preocupação do Sindag é o tempo necessário para montar uma ação-piloto, caso o governo federal resolva apostar na ideia. "Precisamos de pelo menos três meses. Temos de preparar o pessoal de terra, montar uma equipe de avaliadores, preparar o material de divulgação para explicar à população o que está acontecendo e até verificar se há no mercado produto suficiente para a pulverização contra o mosquito."

Quanto aos avaliadores, a proposta é montar um grupo com biólogos, entomólogos (especialistas em insetos), médicos e até ecologistas, com técnicos do sindicato aeroagrícola e do Ministério da Saúde. A equipe se encarregaria de observar as condições antes e depois das aplicações, nas áreas testadas por avião e por equipamentos terrestres. Se o comparativo entre as aplicações terrestres e aéreas confirmarem a eficácia, como confiamos, teremos de articular uma ação em massa para 2011.



Rejeição

A ideia dos aviões x mosquitos foi descartada em 2007 pelo Ministério da Saúde, por meio da Nota Técnica 75. Entre outras coisas, o Ministério alegava pelo documento que a aviação só seria aconselhada em casos de epidemia. Depois dos 249 mil casos de dengue e 164 mortes pela doença registradas no primeiro semestre de 2008, o Sindag voltou a insistir na proposta, rebatendo com números os argumentos da Nota do Ministério.

Números reforçados ano passado pelo surto registrado na Bahia, que teve aumento de 270% no número de casos em relação a 2008. Pelo menos 25 pessoas morreram, segundo dados divulgados pela Secretaria de Saúde do Estado. De janeiro até a primeira semana de março do mesmo ano, por exemplo, foram notificados 21.407 casos da doença, contra 5.775 registrados no mesmo período de 2008.

Em 2010, a realidade não é diferente. De acordo com o Ministério da Saúde, os casos de dengue no Brasil registrados nas primeiras seis semanas desse ano cresceram 109% em relação ao mesmo período de 2009. Foram registrados 108,64 mil casos, contra 51,87 mil no ano passado.

"Tivemos uma audiência em maio de 2008, com o ministro Temporão, que convidou o Sindicato a participar de reunião do grupo técnico do Programa Nacional de Combate à Dengue." O encontro ocorreu no mês de junho. "Expusemos nossos argumentos naquela reunião, o Comitê deliberaria posteriormente e uma resposta seria dada em breve. Ainda estamos no aguardo dela", explica o presidente do Sindag, Júlio Kämpf.

Custo-Benefício

A confiança do Sindag em sua proposta de combate à dengue baseia-se principalmente no custo-benefício. Segundo levantamento do Ministério da Saúde, a aplicação de inseticida com equipamentos terrestres custa em média 19 centavos por residência. Valor que não leva em conta a aquisição dos equipamentos e dos veículos (o governo federal anunciou, no final de 2008, a compra de 270 nebulizadores costais motorizados, 200 kombis, 100 motocicletas, 40 pick-ups e 30 pulverizadores costais motorizados). Em contrapartida, o custo de aplicação por avião, conforme o Sindag, fica em 22 centavos por residência, sem necessitar a compra de equipamentos. "Some-se a isso as vantagens já mencionadas na extinção de mosquitos fora do alcance do equipamento terrestre", pondera Araújo.

Diferente da aplicação em lavoura, na qual o avião faz voos rasantes e deixa atrás de si uma esteira branca de defensivos, na aplicação contra mosquitos o quadro é outro. "Enquanto na lavoura se voa a quatro metros do solo, na aplicação contra mosquitos o avião sobrevoa a cidade a uma altitude de 40 metros. Quando ao produto aplicado, ele é quase invisível a olho nu", conta Júlio Kämpf. A dose de inseticida é da ordem de 400 mililitros de produto por cada 10 mil metros quadrados aplicado (aproximadamente um quarteirão).

A técnica de combate a dengue já foi demonstrada em agosto de 2008, no Congresso Sindag, ocorrido em Foz do Iguaçu, Paraná. Na ocasião, também foi feito o anúncio oficial do convênio entre a entidade e a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) para testar a aplicação, por aviões, de uso de inseticidas biológicos no combate a larvas de mosquitos. Neste caso, contra a malária e febre amarela. Entretanto, para o combate ao transmissor – mosquito adulto – da Dengue, ainda não há produtos biológicos disponíveis. “Há, porém, inseticidas químicos aprovados pelo Ministério da Saúde para essa finalidade”, relata Araújo.

De acordo com ele, a proposta do Sindag foi levada novamente ao Governo no último dia 17 de novembro, quando da reunião da Comissão Especial para assuntos de Aviação Agrícola, órgão interministerial que assessora o Governo federal, para traçar a política e diretrizes para o setor, presidida pelo Ministério da Agricultura. Agora espera-se um contato do Ministro da Agricultura com o Ministro da Saúde para remover os entraves para essa importante atuação da Aviação Agrícola.

Até o momento, não houve nenhuma resposta dos órgãos competentes. Enquanto isso, a doença prolifera-se em números assustadores e vitima cada vez mais pessoas em todo o território brasileiro. As informações são de assessoria de imprensa.

FONTE AGUA BOA NEWS

Ah, sim. Peruíbe já teve 42 casos oficiais de dengue.

quarta-feira, 17 de março de 2010

Peruíbe no livro dos recordes = um fracasso confirmado pelos fatos



Publicado segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Ação Ambiental leva Peruíbe para o livro dos recordes

Meio Ambiente em Peruíbe -A meta, que era plantar 2 mil mudas em 40 segundos, foi ultrapassada. Ao todo, foram duas mil e 94 árvores de Manacá da Serra Anão espalhadas em toda a cidade. A ação teve como principal objetivo comemorar o Dia da Árvore e mobilizar a população em relação aos problemas ambientais. A ação entrou para o RankBrasil - Livro dos recordes.

Segundo a prefeita, Milena Bargieri, o recorde foi quebrado graças ao apoio da população. Mais de três mil pessoas fizeram parte da ação. Entre elas, autoridades; estudantes da rede municipal, estadual e particular; universitários; grupos da terceira idade; comerciantes; entidades assistencialistas; funcionários públicos; autoridades municipais e estaduais e munícipes voluntários.

Agora, a cidade irá constar na categoria "Plantio Simultâneo em Menos Tempo", do Livro dos Recordes brasileiro. O evento ocorreu às 11h30, momento em que as mudas foram plantadas em toda a extensão da principal avenida da cidade, a Padre Anchieta e outras como a João Abel, Domingos da Costa Grimaldi e Padre Leonardo Nunes, além do bairro Guaraú.

O Manacá da Serra Anão, planta nativa da Mata Atlântica, foi escolhida por ser uma excelente opção para o paisagismo urbano, pois não apresenta raízes agressivas, permitindo seu plantio em diversos espaços, inclusive em calçadas. Além disso, ela cresce no máximo três metros e não atinge os fios da rede elétrica.

Cerca de 70% do território da cidade já faz parte de uma área de preservação ambiental. Agora, a área urbana também recebeu cores e flores, incrementando ainda mais sua vocação ambiental e turística. A Prefeitura de Peruíbe, visa, com esta ação, provocar uma mudança de atitude ambiental e fazer com que o município seja conhecido como a cidade das flores.

 FONTE JORNAL BAIXADA SANTISTA

O Espetáculo realizado naquele setembro chuvoso resultou EM UM MONTE DE ARBUSTOS SECOS, espalhados pela cidade. Prestem atenção: FOI UM FRACASSO !!! UM FRACASSO !!!

As mudas NÃO FORAM PLANTADAS DE FORMA ADEQUADA, e não receberam os cuidados que necessitavam após o plantio. Elas não foram irrigadas, e precisavam muito desse cuidado, que o diga o verão tórrido que experimentamos. A maior parte dos manacás morreram ou em breve morrerão. Seria cômico se não fosse trágico, para as plantas e para o contribuinte.

Eu podia até postar alguma foto das mudas mortas mas aí é ser cruel....com as mudas, plantas inocentes, utilizadas para um espetáculo que não nos trouxe e nem nos trará NENHUM BENEFÍCIO REAL.


Está aí uma  foto CHAPA BRANCA, feita para favorecer a espiral do silêncio por aqui. A maioria não tinha capa nem guarda-chuva para se proteger do aguaceiro, em uma atividade bem menos "voluntária" do que pode parecer. Posturas fingidas e subserviência não faltaram. O munícipe rebelde que aqui tecla viu esse circo com desprazer. Só pude lamentar pelas pessoas que eu conheço, que participaram disso "por livre e espontânea pressão". Pois é, como é bom eu não depender do sistema de produção local ( a prefeitura é dominante, é a que mais emprega) para não ter que passar por tais constrangimentos.

E não se pode esquecer da turma que PUXA O SACO, que estava lá. Eita grupo chato !!! Gente autoritária, que não suporta qualquer questionamento aos que mandam no paço municipal. Gente dominana por uma espantosa  indigência mental, moral e intelectual. Não me recordo de ter visto em toda a minha vida um grupo tão grotesco, tão ignorante e tão prepotente em seu comportamento servil.

Encerrando este texto, quero ver algum dos nossos jornalecos falando sobre a realidade das mudas secas, o FIASCO QUE RESULTOU DO PLANTIO DOS MANACÁS. Eu duvido que alguém fale do assunto, mas espero que me desmintam, que se interessem e citem esse fracasso de um governo que se julga redentor.

segunda-feira, 15 de março de 2010

Primeiro roteiro ufoturístico do Brasil é criado em Peruíbe

Renato Santana


Bolas de fogo no céu, pontos luminosos rasgando a noite em alta velocidade, seres prateados com três metros de altura na mata da Reserva da Jureia. Em cada 10 relatos desse tipo no País, envolvendo Objetos Voadores Não Identificados (Óvnis), três ocorrem em Peruíbe, segundo dados do Centro Brasileiro de Pesquisa de Discos Voadores (CBPDV).


E esse mistério, que atrai a atenção de ufólogos e interessados no assunto, fizeram com que a Prefeitura desenvolvesse o primeiro Roteiro Ufoturístico do Brasil. O lançamento será feito durante o 6º Encontro Ufológico de Peruíbe, entre os dias 9 e 11 de abril.


"Tem muita gente curiosa sobre o assunto. Podemos atrair turistas e, ao mesmo tempo, divulgar o nome da cidade", explicou o diretor do Departamento de Turismo de Peruíbe, João Fioribelli Júnior.


O roteiro inclui oito localidades do Município: Pedra da Serpente (ou Porta de Pedra), Ilha da Queimada Grande, Guaraú (praia e serra), Perequê, Barra do Una, Bairro São José, Ruína do Abarebebê, Praia de Peruíbe e Costão. Segundo Fioribelli, a escolha teve como critério os de relatos das pessoas e as supostas visitas mais relevantes de seres extraterrestres.


No caso do Bairro São José, a visita teria acontecido na madrugada de 18 de agosto de 2008. Um objeto desconhecido teria provocado o surgimento de enorme clareira ao pousar numa área de matagal.


Cerca de 5 mil pessoas já visitaram o local depois do episódio. Há, também, o caso de suposta levitação de um morador no Perequê, motivada por um extraterrestre. Em todas as ocasiões, a energia elétrica das ruas e casas caíram. O que impressiona ufólogos é a semelhança dos relatos de moradores e a coincidência de datas.


Rentabilidade


Fioribelli revelou que a Prefeitura pretende ainda construir um museu ufo, com relatos, fotos e vídeos feitos por moradores sobre a aparição de Óvnis na Cidade: "Vamos colocar placas nesses locais para que o turista, estudioso ou um simples visitante tenham a noção de que fenômeno ocorreu ali".


A agência de turismo Na Trilha da Jureia, Pobservando projetos de ufoturismo pelo mundo, encampou o roteiro. Fioribelli procura agora outras agências para expandir ainda mais o desafio de tornar Peruíbe a capital nacional dos ETs.


Com o projeto de Peruíbe, o País entra no restrito clube dos países onde determinadas regiões que exploram o ufoturismo. Dentre eles se destacam os Estados Unidos, Nova Zelândia, Irlanda, México e Chile. Peruíbe, entretanto, é um dos poucos locais possui aspectos históricos sobre a aparição de seres extraterrestres.


Fonte Jornal a Tribuna

Peruíbe e as candidaturas inúteis



Em 2008 vi a massa peruibense votando no que está aí, e as melhorias que aguardavam são apenas cosméticas, para "inglês ver". Na questão do combate as enchentes, o foco está no JARDIM DAS FLORES, pois é preciso sanar a burrada da ENPLAN, (ir)responsável por um empreedimento tão problemático. São comuns as inaugurações de obras públicas, as quais ajudam a preparar caminho para uma candidatura que ainda não se assumiu, mas que todos sabem que ocorrerá, candidatura que antes mesmo de ser lançada, já se coloca como salvacionista, redentora do nosso município. Parece surreal, mas essa é apenas mais uma das contradições de Peruíbe.

Enquanto isso, as vidas dos eleitores pobres vão passando - e com maiores dificuldades já que acabou a temporada -  recebendo "salários" insuficientes até para viverem mal, e isso quando estão empregados.  Nenhum dos eleitos em 2008, seja no executivo e no legislativo, está conseguindo resolver os problemas do cotidiano que caracterizam a vida em Peruíbe. Teve uma turma mais preocupada, isso sim, em ajudar alguns colegas, com aquele papo canalha de aumentar o número de vereadores. A vereança peruibense é engraçada, pois adora prometer certas soluções que sabe  não é seu dever cumpri-las.

Voltando a felizmente superada ameaça do aumento de vagas na câmara, eles colocaram seus interesses partidários acima dos deveres para com seus eleitores. Se esqueceram que a prioridade é nos representar frente ao executivo, sendo a  nossa "voz" dentro da administração pública municipal. Atuaram de acordo com a diretriz decidida por uma elite política distante, desinteressada com a opinião popular. Esses representantes da população não conseguem que os esgotos deixem de emporcalhar ruas nas periferias, que o transporte público tenha qualidade e que o PS de centro deixe de ser um campeão de reclamações. Não encarnam as várias tendências existentes em nossa sociedade.

Basta de candidaturas inúteis. Em uma democracia, a ruptura violenta da revolução pode ser substituida pela transformação radical proporcionada pelo voto. Chega de votar NOS MESMOS CANDIDATOS, que lembram dados viciados em jogos, aqueles que dão SEMPRE OS MESMOS RESULTADOS.

domingo, 14 de março de 2010

Eike Batista é o 8º mais rico do mundo, aponta Forbes

JB Online

DA REDAÇÃO - Com uma fortuna estimada em 27 bilhões de dólares, o empresário Eike Batista se tornou o oitavo homem mais rico do mundo, segundo o ranking de 2010 da revista Forbes.

Dono do grupo EBX, Eike estava na 61ª posição em 2009, com 7,5 bilhões de dólares.

A fortuna do empresário começou a ser construída nos anos 80, com atividades de comércio de ouro e diamantes extraídos na região Amazônica.

Recentemente, o grupo de Eike comprou direitos sobre blocos exploratórios de petróleo e gás e formou a OGX, ainda em fase pré-operacional como várias das empresas do grupo.

Todas as companhias de têm a letra "X" no nome em referência ao sinal matemático da multiplicação.

Veja a lista:

1 - Carlos Slim Helu e família

Fortuna: US$ 53,5 bilhões

Ramo: Telecomunicações

Nacionalidade: mexicana

2. Bill Gates

Fortuna: US$ 53 bilhões

Empresa: Microsoft

Nacionalidade: norte-americana

3. Warren Buffett

Fortuna: US$ 47 bilhões

Empresa: Berkshire Hathaway

Nacionalidade: norte-americano

4. Mukesh Ambani

Fortuna: US$ 29 bilhões

Ramo: petroquímica, petróleo e gás

Nacionalidade: indiana

5. Lakshmi Mittal

Fortuna: US$ 28,7 bilhões

Ramo: Siderurgia

Nacionalidade: indiana

6. Larry Ellison

Fortuna: US$ 28 bilhões

Empresa: Oracle

Nacionalidade: norte-americana

7. Bernard Arnault

Fortuna: US$ 27,5 bilhões

Empresa: LVMH

Nacionalide: francesa

8. Eike Batista

Fortuna: US$ 27 bilhões

Ramo: mineração, petróleo, logística

Nacionalidade: brasileira

9. Amancio Ortega

Fortuna: US$ 25 bilhões

Ramo: Varejo

Nacionalidade: espanhola

10. Karl Albrecht

Fortuna: US$ 23,5 bilhões

Ramo: Supermercados

Nacionalidade: Alemanha

sábado, 13 de março de 2010

Com 962 casos de dengue, Guarujá decreta epidemia

Sete pessoas morreram por conta da doença; Estado teve mais de 7.500 casos desde o início do ano

Agência Estado


SÃO PAULO - A prefeitura de Guarujá decretou epidemia de dengue no município do litoral paulista na sexta-feira, 12. A cidade registrou neste ano 962 casos da doença, com sete mortes. Outras 996 pessoas aguardam o resultado de exames enviados ao Instituto Adolfo Lutz. Um balanço da Secretaria de Saúde divulgado em 27 de fevereiro apontava 7.594 notificações da doença no Estado desde o início do ano.

O bairro que apresenta maior incidência de dengue é o Pae Cará, localizado no distrito de Vicente de Carvalho. Na tentativa de eliminar o mosquito transmissor da doença, caminhões de nebulização foram enviados à região. O Jardim Enseada também apresenta aumento crescente do número de contaminados, com cem casos confirmados.

Para acelerar o atendimento médico, o município decidiu adotar medida semelhante à da prefeitura de Praia Grande. A partir deste sábado, a população contará com tendas instaladas em frente aos prontos-socorros para a realização de diagnósticos. Além disso, enfermeiros e técnicos de enfermagem contratados emergencialmente começarão a trabalhar no posto médico da estação rodoviária, onde as pessoas chegam a se sentar no chão à espera de atendimento. As informações são do jornal O Estado de São Paulo

quarta-feira, 10 de março de 2010

Peruíbe sob a ESPIRAL DO SILÊNCIO


Preciso explicar sobre um fato muito comum na mídia peruibense: a chamada “espiral do silêncio”. Trata-se de algo a muito tempo denunciado pelo filósofo Olavo de Carvalho, e que eu tenho visto em Peruíbe. Funciona assim:  notícias importantíssimas são pouco citadas (como o fato da ENPLAN ter sido a responsável pela construção do engodo JARDIM DAS FLORES, durante a administração Gilson), além da  exaltação descarada dos feitos da atual administração municipal, criando na mente de muitos eleitores a idéia de que temos a melhor prefeita e o melhor secretário de governo do mundo.

Assim, seguindo por uma espiral silenciosa, o eleitorado, SEM OUTRA FONTE DE INFORMAÇÃO, vai sendo doutrinado,  pois a crítica simplesmente NÃO EXISTE. Exelente estratégia para a consolidação de um grupo no poder.

terça-feira, 9 de março de 2010

ALL , LLX e Peruíbe....veremos o que 2010 nos reserva


ALL aposta em recuperação e investirá R700 mi em 2010


Publicado: quarta-feira, 10 de março de 2010


Na Argentina, a ALL espera que a safra agrícola cresça mais de 40 por cento em 2010.

Por Carolina Marcondes

As chuvas que prejudicaram as operações da ALL no quarto trimestre do ano passado incentivarão uma forte safra de soja no Brasil, o que elevará o volume transportado pela companhia em 2010.

A manutenção da malha ferroviária, a compra de vagões e locomotivas e o capital destinado a terminais farão com que a companhia de logística invista 700 milhões de reais em 2010, próximo do valor do ano passado, segundo o diretor superintendente da companhia, Paulo Basílio.

"Estamos confiantes de que 2010 será um ano positivo e continuaremos no desenho de prever crescimento de 10 a 12 por cento no volume por ano no médio prazo", disse ele à Reuters.

O volume transportado pela empresa cresceu apenas 5,8 por cento em 2009.

De acordo com Basílio, no quarto trimestre a ALL sofreu com as fortes chuvas -que paralisaram por 10 dias o tráfego em um trecho no principal corredor da empresa no interior paulista e influenciou a redução do volume transportado- e com tarifa média (yield) fraca.

"Entretanto, a mesma chuva nos trará benefícios em 2010, porque a previsão é de uma das maiores safras de soja da história. No ano passado, foram 56 milhões de toneladas e o número pode chegar a 66 milhões este ano", disse Basílio, acrescentando que "previsões mais otimistas" dão conta de uma safra de até 70 milhões de toneladas.

A soja é a principal commodity agrícola transportada pela ALL. No ano passado, o volume do produto transportado pela ALL foi 16,8 por cento superior a 2008, chegando a quase 10 milhões de toneladas. No quarto trimestre, entretanto, as chuvas reduziram o transporte do grão em 54,7 por cento.

Na Argentina, a ALL espera que a safra agrícola cresça mais de 40 por cento em 2010. No quarto trimestre, o volume transportado no país vizinho caiu 50,2 por cento. No ano, a redução do volume ficou em 27 por cento contra 2008.

ALL AGUARDA LLX

A eventual retomada do projeto de construção do Porto Brasil, em Peruíbe (SP) pela LLX Logística fará com que a ALL retome o projeto de construir um ramal ferroviário para atender a região.

"Se o projeto for retomado, iremos atendê-lo", afirmou Basílio.

O projeto do porto foi suspenso pela LLX em 2008, e a empresa do grupo EBX optou por investir nos portos do Açu e Sudeste, ambos no Estado do Rio de Janeiro.

O ramal teria início pouco antes do Porto de Santos (SP), passaria por Peruíbe cortando a região do porto da LLX e chegaria até o Paraná.

No quarto trimestre de 2009, a ALL teve prejuízo líquido de 63,7 milhões de reais no quarto trimestre, contra perda de 32 milhões de reais um ano antes. Em 2009, a companhia lucrou 31,7 milhões, queda de 82 por cento ante o exercício anterior.

A receita líquida consolidada, por sua vez, foi de 471,9 milhões de reais no quarto trimestre e de 2,4 bilhões de reais no ano, quedas de 22,3 por cento ante o mesmo período de 2008 e de 2,4 por cento em comparação aos 12 meses anteriores.

No quarto trimestre, o yield médio caiu 11,7 por cento no Brasil. No ano, a tarifa também no Brasil cedeu 4,3 por cento, de 74,7 reais por mil TKU (toneladas por quilômetros úteis) para 71,2 reais por mil TKU.

A geração de caixa medida pelo Ebitda (sigla em inglês para lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação) foi de 121,8 milhões de reais de outubro a dezembro, queda de 53,7 por cento em relação a igual intervalo de 2008.

Em todo o ano de 2009, o Ebitda recuou 10,9 por cento, para 1,1 bilhão de reais.


FONTE: Sindicato dos Trabalhadores em Empresas Ferroviárias da Zona Sorocabana


Agradeço ao Marcelo pela informação, mas o site da GLOBO é chato para cópia, o site acima é mais acessível.

sábado, 6 de março de 2010

VALERIBEIRALIZAÇÃO DE PERUÍBE




Por mais que se negue o contrário, Peruíbe, com os seus 65 mil habitantes e 47 mil eleitores, passa por um lento porém contínuo processo de VALERIBEIRALIZAÇÃO, ou seja, de integração ao VALE DO RIBEIRA. Trata-se de um fato, favorecido por fatores econômicos, culturais, sociais e políticos, que eu explicarei adiante. Aliás, vejo que muitos peruibenses estão confusos, ao situarem a nossa cidade no mapa. Falo do fato deles citarem Peruíbe como a "última cidade do litoral sul paulista".

Quando escuto isso, fico espantado, pois que eu saiba, a vizinha
IGUAPE ainda é parte de SP, assim como Ilha comprida e Cananéia.Ou seja, ainda existem TRÊS CIDADES antes da divisa com o Paraná. Não interessa que elas não façam parte da BAIXADA SANTISTA, o fato é que estão ATÉ MAIS AO SUL DO LITORAL PAULISTA DO QUE PERUÍBE, e portanto ainda estão em SP. Vamos nos situar direito, minha gente !!!

Bem, a VALERIBEIRALIZAÇÃO está em desenvolvimento. Nosso município vive uma contradição, pois faz parte da RMBS (região metropolitana da baixada santista), em uma posição geográfica BEM DISTANTE de Santos, e é membro do CODIVAR (consórcio de desenvolvimento intermunicipal do vale do ribeira)....vai ter que se definir por um dos lados, mais cedo ou mais tarde.

Peruíbe faz parte da baixada santista, uma região metropolitana cuja CAPITAL nos
ATACOU sem dó nem piedade. Estão se lixando para nós, não nos dão a mínima, pois trataram uma questão que empolgou grande parte da nossa população como uma ameaça para eles. O povo da nossa terra precisa tirar o rei da barriga, por os pés no chão, e aceitar o fato de que os santistas NUNCA NOS ACEITARÃO COMO IGUAIS, com apenas algumas exceções, uns poucos indivíduos de lá que nos visitam e amam Peruíbe. Continuar a pensar assim, que ganhamos em fazermos parte de uma região cuja cidade que a lidera nos tratou de forma tão desprezível e ordinária, e que fará tudo de novo, é apenas adiar a tendência histórica de integração ao vale, para a qual até colabora o comportamento autoritário santista, o qual alimenta radicalismos como o deste blog, no qual eu falo de uma inevitável e necessária ruptura.

Nos últimos anos, Peruíbe ganhou duas cidades-satélites, e elas não ficam na baixada.



Itariri é a mais próxima. Têm uns 16 mil habitantes e 10 mil eleitores. Sua economia se baseia na bananicultura, ecoturismo e veraneio, pois nem todo veranista gosta de casa na praia, alguns preferem chácaras. E um número crescente de itaririenses busca em Peruíbe trabalho, lazer, um comércio variado e serviços que não existem lá. E é claro, possui uma massa de excluídos sociais, tal como ocorre aqui.



Pedro de Toledo é o outro município na nossa zona de influência, com 10 mil habitantes e uns 7 mil eleitores. Tem um perfil similar a Itariri, porém é mais pobre. Depois do fechamento da fábrica de doces PALATO, e o calote trabalhista em centenas de funcionários, a cidade foi bastante prejudicada. Muitos pedrotoledenses trabalham em Peruíbe, pois para ele era isso ou a migração.

Com os moradores desses municípios vizinhos cada vez mais presentes aqui, tratando Peruíbe como uma CIDADE GRANDE, é claro que nosso lugarejo tende a assumir um espaço, que seria originalmente de Registro. Falta o nosso comércio descobrir esse filão, o dos consumidores valeribeirenses. Com a atenção adequada, Miracatu entra na zona de influencia peruibense, agregando para cá DINHEIRO FORA DA TEMPORADA. Simples assim. Alternativa ao turismo de baixo nível.

Neste momento, deve ter internalta se perguntando do motivo de eu estar citando os números do eleitorado nas três cidades. Aí entramos na questão
Gilson bargieri para deputado estadual . O nosso secretário de governo não conseguirá muitos votos em Santos ( por motivos óbvios), São Vicente, Praia Grande e outras cidades da nossa "baixada". Em Itanhaém, talvez tenha um eleitorado, e vá lá, além dos votos de alguns veranistas que frequentam nossas praias, e de certos peruibenses "expatriados". Adivinhem em qual lado da vizinhança o senhor secretário de governo concentrará a sua campanha? Pois é, até em localidades que margeiam a Régis Bittencourt como Miracatu Gilson botará seus pés. Ele não terá outra escolha.

Peruíbe é oficialmente da baixada, mas a candidatura Bargieri dependerá e muito do voto valeribeirense, em especial dos itaririenses e pedrotoledenses, mais influenciáveis por motivos evidentes. Se ele vencer, a valeribeiralização se concluirá com menos lentidão, pois ele terá que mostrar serviço NO LADO DE LÁ, de forma a agradar nossos vizinhos "pobres"e sem desagradar aos peruibenses. A baixada não será focada...menos mal. Mas, independente do meu radicalismo anti-santista, aviso que jamais irei votar votar nele, pois não considero que ele tenha sido um bom prefeito, mas não será este blogueiro que decidirá a vontade dos que votarem. Existe um
grupo que acha que pode sim, garantir votos para o "cara", mas aí é outro assunto.

quarta-feira, 3 de março de 2010

Imçentivo a curtura em Peruíbe

O departamento de cultura precisa ser mais cuidadoso na elaboração do material postado na internet. Vejam o que um fragmento do texto de um edital:


"A PREFEITURA MUNICIPAL DE PERUÍBE, por seu DIRETOR DO DEPARTAMENTO DE CULTURA, torna pública a abertura de inscrições ao PROCESSO SELETIVO, OBJETIVANDO A CONTRATAÇÃO POR TEMPO "DETEMINADO",  para as funções de MONITORES DE MÚSICA, conforme "quadra" abaixo:"

Gostei quando usaram o gerúndio "objetivando".....mas tinham que errar no particípio. É DETERMINADO, não "deteminado". E no lugar de "quadra abaixo", o certo seria escrever O QUADRO ABAIXO, incluindo o artigo O.

Errar no uso da língua portuguesa não é incomum, infelizmente, mas errar em um EDITAL DE PROCESSO SELETIVO do departamento da cultura, aí não dá pra não citar.

Agradeço a dica de um anônimo, por essa pérola. E o título da postagem é uma ironia, é claro.