terça-feira, 31 de janeiro de 2017

DESEMPREGO AINDA EM ALTA E DEMORA PARA SAIR DA CRISE | DENISE CAMPOS DE TOLEDO - JANEIRO DE 2017





Nada disso é surpresa, 2016 foi mais um ano de crise. A indústria até mostrou alguns dados melhores em dezembro, como o aumento de 0,2% no emprego, após 23 meses de queda e de 1% nas horas trabalhadas. Mas é cedo pra falar em recuperação mesmo. O setor depende muito do consumo, que hoje conta com previsões mais favoráveis para a inflação e os juros, o que pode, aos poucos, melhorar as condições do crédito, dando algum gás para demanda interna. Só que o desemprego joga contra. Desemprego que ainda deve crescer mais, pelo menos nesses primeiros meses do ano, podendo bater nos 13% ou mais. É um dado que prejudica qualquer expectativa quanto a uma reação mais firme do consumo, e consumo que ainda é o que mais impulsiona a economia. Claro que a indústria conta com a oportunidade de expansão das vendas externas. Porém, com impacto limitado pelo próprio peso das exportações na atividade do setor, e ainda é preciso considerar as condições do comércio internacional, que tem tido avanço inferior ao crescimento global e tem, agora, com um grande fator de incerteza, que é a gestão Trump. Não dá pra saber ainda o impacto das medidas que vem anunciando poderão ter no jogo de forças do comércio mundial. O certo é que apenas empresas com muita capacidade de concorrência poderão abrir espaço num mercado cada vez mais competitivo. E ainda é preciso considerar o câmbio. O dólar em queda, que reforça a tendência de baixa da inflação e dos juros, pode comprometer e até inviabilizar planos de exportação. O comercial hoje encostou nos R$ 3,11, contrariando o próprio mercado financeiro, que prevê a cotação em R$ 3,40 ainda este ano. Por esses fatores é que devemos ter uma saída da crise muito gradual. Para a produção industrial se conta com expansão por volta de 1% este ano. Para o PIB, a metade ou até menos. Isso sem surpresas políticas que ainda possam pesar na economia. Eu volto na quinta. Até lá.


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, DESEMPREGO ELEVADO, CRISE SEVERA 2017, RECESSÃO BRASILEIRA, PERUÍBE, PERUIBENSES

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

EIKE BATISTA, O RETORNO - JANEIRO DE 2017



Momento em que Eike Batista era entrevistado no aeroporto de Nova York, aguardando pelo voo que o trouxe de volta ao Brasil, e acabou escutando o que sem dúvida não esperava. 

Esse aí (que entrou para a história peruibense por causa do extinto projeto PORTO BRASIL, link AQUI), terá muito o que dizer, para o prazer de muitos ... e o evidente desprazer de outros.


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, EIKE BATISTA PRESO, CORRUPÇÃO, AEROPORTO DE NOVA IORQUE / NOVA YORK, LLX, GOVERNOS DILMA / LULA, PRISÃO, CADEIA, OPERAÇÃO LAVA-JATO, POSSÍVEL DELAÇÃO PREMIADA CHEGANDO, PERUÍBE


domingo, 29 de janeiro de 2017

QUASE 3 MIL PESSOAS FAZEM PROVA DE CONCURSO PÚBLICO DE ITANHAÉM - JANEIRO DE 2017







No último domingo, mais de 2 mil candidatos fizeram outra prova para 81 cargos

DE A TRIBUNA ON-LINE

Os inscritos para o processo seletivo de Itanhaém para o cargo de auxiliar de desenvolvimento infantil fazem prova neste domingo (29). São 2.932 candidatos, que vão disputar 40 vagas no Município - concorrência de 73,3 candidatos para cada oportunidade.

O teste ocorreu às 9 horas. No último domingo, mais de 2 mil candidatos fizeram prova pra disputar 81 vagas na área de Educação no Município. Entre as funções com vagas abertas em Itanhaém. estão professores de Língua Portuguesa, História, Geografia, Ciências, Educação Especial e creche.

Os aprovados serão contratados, por tempo determinado, para atuar nas salas de pré-escola, ajudando o professor no desenvolvimento de crianças de 4 a 5 anos. O salário é de R$ 1.062,00 para 40 horas de trabalho semanal, segundo a Prefeitura.



FONTE: A TRIBUNA





MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, ITANHAÉM, ITANHAENSES, PROCESSO SELETIVO, EMPREGO, DESEMPREGO, OPORTUNIDADES DE TRABALHO, 2017


sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

SERVIDORES DE PERUÍBE ENTRAM EM ESTADO DE GREVE - JANEIRO DE 2017




Categoria entende que a proposta da Prefeitura é "absurda"

Os servidores municipais de Peruíbe decidiram entrar em estado de greve na quinta-feira (26). A categoria rejeitou a proposta salarial da Prefeitura de 3,57% agora ou 7% parcelado em duas vezes, sem direito ao retroativo. A data-base dos trabalhadores é em fevereiro.

Segundo Alexander Munuera, presidente do Sindicato dos Trabalhadores de Peruíbe (Sintrape), a resposta da Administração Municipal à pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2017 foi “absurda”.

“Abusos devem ser rechaçados de qualquer maneira. Fico feliz com a decisão da categoria, pois não podemos de modo algum abaixar a cabeça. Vamos assegurar que o estado de greve aprovado exerça alguma reflexão nos governantes para que reconsiderem e nos enviem uma proposta digna. Estamos atentos”.

Os cerca de 200 servidores que compareceram à assembleia votaram de forma unânime pela recusa da oferta.



FONTE: A TRIBUNA




MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, PERUIBANOS, ESTADO DE GREVE DOS SERVIDORES PÚBLICOS, FUNCIONALISMO PÚBLICO MUNICIPAL, PREFEITURA, GOVERNO MUNICIPAL, PREFEITO, JANEIRO DE 2017


terça-feira, 24 de janeiro de 2017

BAIXADA SANTISTA PERDEU 19,5 MIL EMPREGOS EM 2016, APONTA CAGED - JANEIRO DE 2017




Número é 24,6% maior do que em 2015, quando 15,7 mil postos foram fechados na região

MAURÍCIO MARTINS


Se o desemprego assombra o País, ele é ainda mais assustador na Baixada Santista. Em 2016, a região perdeu 19.573 postos de trabalho formais, com carteira assinada. De janeiro a dezembro do ano passado, as nove cidades registraram 124.140 desligamentos, contra 104.567 admissões. O montante é 24,6% maior do que em 2015, quando 15.704 vagas foram fechadas (138.164 demissões e 122.460 admissões).

Enquanto isso, os números estaduais e nacionais se mostraram mais satisfatórios, porque houve diminuição no total de postos encerrados. No Estado de São Paulo, foram 391,4 mil vagas perdidas em 2016, 16,9% menos do que em 2015 (471.588).

Em todo o Brasil, o mercado fechou 1,3 milhão de colocações no ano passado, total que é 14,3% mais baixo do que em 2015 (1,5 milhão). Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho.

Perdendo força

Para o economista Adalto Corrêa, a Baixada Santista sente muito os impactos da crise econômica por ser uma região portuária e industrial muito ligada ao resto do País. “A indústria está perdendo força em todo o Brasil, é esperado que aqui apresente esse resultado até pior”, opina Corrêa, lembrando que a região foi responsável por 5% das vagas fechadas no Estado.

Santos foi a cidade que mais eliminou empregos em 2016 – 7.928 (46.508 contratações e 54.436 demissões), seguida por Cubatão (-6.570), Guarujá (-1.943) e São Vicente (-1.932). O único resultado positivo foi em Bertioga, com 130 vagas a mais – contratou 4.380 trabalhadores e demitiu 4.250.

Setores

O ramo mais afetado em 2016 foi o de Serviços, com a eliminação de 8.853 empregos. O município que mais fechou vagas nesse setor foi Santos, com corte de 5.186 postos de trabalho (29.424 admissões e 34.610 desligamentos). Cubatão veio logo em seguida, com 1.539 empregos a menos (3.651 contratações e 5.190 demissões).

A Indústria de Transformação acabou com 4.265 na Baixada Santista. Nessa área, Cubatão teve o pior desempenho: 3.142 vagas fechadas (693 admissões e 3.835 desligamentos). Guarujá acabou com 597 empregos e Santos, com 403. Outras áreas muito afetadas foram Construção Civil (4.081) e Comércio (1.746).

Reação em cadeia

O economista José Pascoal Vaz acredita que a desativação de parte da produção da Usiminas, em Cubatão, gerou uma reação negativa em cadeia que afetou não somente os desempregados da companhia.

“Quando uma empresa desse porte fecha, o impacto é muito forte. Resultou no fechamento de várias empresas que trabalhavam para ela, que usavam subprodutos dela. Além disso, o pessoal desempregado fica sem dinheiro e o setor de serviços e comércio também sofrem".

Brasil

O País fechou 1.321.994 de postos formais de trabalho no ano passado. O corte de vagas, apesar de ser menor que o de 2015 (quando o saldo foi negativo em 1,542 milhão, o pior da história), mostra que 2016 ainda foi um ano ruim para mercado de trabalho.

O resultado, porém, foi melhor do que as estimativas de analistas do mercado financeiro, que esperavam o fechamento de 1,33 milhão a 1,5 milhão de vagas.


FONTE: A TRIBUNA



COMENTÁRIO: já em Peruíbe, no ano de 2016 foram criadas 2.361 vagas, sendo que 2.654 vagas foram fechadas, dando um saldo negativo de -263 postos de trabalho. E pelo que estou sabendo, este início de 2017 não está sendo favorável nessa questão.



MARCADORES: LITORAL PAULISTA, BAIXADA SANTISTA, DESEMPREGO EM PERUÍBE 2017, DESEMPREGADOS, POSTOS / VAGAS DE TRABALHO, ECONOMIA, RECESSÃO NO BRASIL EM 2016 E 2017


domingo, 22 de janeiro de 2017

FINO TRATO SHOW (CANAL TERÇA LIVRE) : UM DIA COM BOLSONARO - JANEIRO DE 2017



 Entrevista do canal TERÇA LIVRE com o Deputado Federal Jair Messias Bolsonaro, na qual ele disse o que pensa, sem uma mídia esquerdista para censurá-lo ou distorcer o que diz. Citou o recente falecimento do Ministro Teori Zavasck (relator da LAVA JATO) e outras polêmicas.


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, DEPUTADO FEDERAL JAIR BOLSONARO, ENTREVISTA, ENTREVISTADO, STF, SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, MINISTRO TEORI ZAVASCK, AVIÃO, ACIDENTE AÉREO, TEORIAS DE CONSPIRAÇÃO?

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

RELATOR DA LAVA JATO FALECE EM ACIDENTE AÉREO - JANEIRO DE 2017





"Temos que mudar a pauta de hoje. A morte do ministro Teori Zavaski coloca mais incertezas no quadro já incerto da economia brasileira, mas que ensaiava alguns cenários mais positivos. E não falo aqui da teoria da conspiração não. A questão é que o ministro teria um papel fundamental no encaminhamento dos processos relacionados à Lava Jato, no que se refere ao envolvimento de políticos, do ex e do atual governo, E sabemos que todas as projeções para a economia, até esse otimismo mais recente, sempre tinham um porém por causa do cenário político, das delações e de possíveis desdobramentos da Lava Jato. O que se espera é que o processo siga seu curso, da mesma forma como ocorreria com Zavaski. Mas essa confiança vai depender muito de quem irá substitui-lo. No mínimo, podemos ter atrasos, um prolongamento desse suspense todo, do quanto o cenário político, do quanto a Lava Jato ainda poderá influenciar a esperada retomada do crescimento e a agenda de reformas, de ajustes, que podem fazer com que a economia brasileira e o país voltem aos trilhos. Há sinais mais positivos, como essa queda da inflação mais consistente, a perspectiva de uma queda mais acentuada e prolongada também dos juros, o avanço do ajuste fiscal, de reformas, até de um ânimo maior dos empresários diante disso tudo. É esperar que o imprevisível não jogue contra."





MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, OPERAÇÃO LAVA JATO, MINISTRO TEORI ZAVASCKI, FALECIMENTO, MORTE, ACIDENTE AÉREO, STF / SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, 2017


quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

CARNÊ, FILAS E PACIÊNCIA - JANEIRO DE 2017



MARCADORES: CARNÊ DO IPTU, FILA, PREFEITURA, VENCIMENTO 20 DE JANEIRO DE 2017, ATUALIZAÇÃO, IMPOSTOS, TRIBUTOS, PRAZO DE PAGAMENTO, PERUÍBE, PERUIBENSES


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

SÓ OTIMISMO NÃO RESOLVE | DENISE CAMPOS DE TOLEDO - JANEIRO DE 2017



O Governo tem tentado estimular um otimismo maior da sociedade na área econômica, e tem a seu favor a inflação e juros em queda. Isso gera um ânimo inicial, mas, na prática, pode não ser tão favorável assim.


MARCADORES: BRASIL, ECONOMIA BRASILEIRA, QUEDA NA INFLAÇÃO, QUEDA DOS JUROS, GOVERNO FEDERAL, PRESIDENTE MICHEL TEMER, RECESSÃO 2017

CHUVA FORTE EM PERUÍBE, ALGUNS PONTOS DE ALAGAMENTO - 16 DE JANEIRO DE 2017




Após meia hora de chuva forte, saí para filmar os estragos, e novamente vi uma cidade despreparada. O risco de uma grande enchente continua a fazer parte da nossa realidade.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, CHUVA FORTE, PONTOS DE ALAGAMENTO, VERÃO 2017, RISCO DE ENCHENTE NA CIDADE

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

DUAS BOAS NOTÍCIAS: INFLAÇÃO E JUROS | DENISE CAMPOS DE TOLEDO - JANEIRO DE 2017



O mercado já vinha dividido sobre os cortes na taxa básica de juros, mas no final veio o corte, o que é uma ótima notícia. Denise Campos de Toledo então destaca duas boas notícias do setor econômico: inflação e juros.


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, RECESSÃO ECONÔMICA, INFLAÇÃO EM QUEDA, CORTE NA TAXA DE JUROS, RECUPERAÇÃO DA ECONOMIA BRASILEIRA EM 2017

12 DE JANEIRO DE 2017: MUITA CHUVA E ALAGAMENTOS EM PERUÍBE



Este foi um dia de muita chuva e alagamentos em diferentes pontos de Peruíbe. Choveu tanto que a temperatura até caiu. Como todos sabemos, o novo governo herdou as mazelas deixadas pela administração anterior, e esta cidade prossegue com o risco real de outra grande enchente. Para isso, não existe solução num curto prazo, infelizmente. Pelo menos, a limpeza nas ruas (que reduz o risco de bueiros entupidos) já é visível.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, CHUVAS EM JANEIRO DE 2017, TEMPORADA DE VERÃO, ALAGAMENTOS


PREFEITO DE PERUÍBE DETERMINA LIMPEZA DA CIDADE - JANEIRO DE 2017





Luiz Mauricio acredita que a zeladoria da cidade é fundamental para atrair turistas


O prefeito de Peruíbe, Luiz Mauricio, sempre afirmou que Peruíbe precisa fazer valer a sua vocação para o turismo. Para tanto, segundo diz, a zeladoria da cidade com a limpeza de ruas, avenidas, praças, pontos turísticos e praias é fundamental.

Por isso, uma de suas primeiras medidas, tomadas com o apoio do vice-prefeito, André de Paula, que também é o Secretário de Obras, foi determinar trabalhos de limpeza de ruas, avenidas e de lugares que devem estar limpos e bem cuidados.

Todos os dias as equipes com homens e máquinas saem pela manha e cumprem parte de uma agenda que visa dar uma nova cara para a cidade. Já é possível notar a diferença em vários lugares, antes tomados por mato e sujeira.

De acordo com pesquisas da Empresa Brasileira de Turismo – EMBRATUR, a primeira coisa que um turista observa em uma cidade quando a visita é a limpeza.

“Para que o turista tenha boa impressão de nossa cidade, fique mais tempo por aqui e nos recomende, até volte a nos visitar, é fundamental que ele encontre uma cidade limpa e bem cuidada”, afirma o prefeito de Peruíbe.

“Com a recuperação da cidade, teremos mais movimento o ano todo em hotéis, pousadas, restaurantes e em todo comercio de forma geral, gerando mais emprego e renda, fundamental para fazer girar a economia da cidade e resgatar a autoestima de nossa população”, concluiu o prefeito Luiz Maurício.



FONTE: DIÁRIO DO LITORAL


MARCADORES: TEMPORADA DE VERÃO 2016 / 2017, PERUÍBE, PERUIBENSES, LIMPEZA DAS RUAS, TURISMO, TURISTAS, VERANISTAS


quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

OBRAS DO NOVO HOSPITAL DE PERUÍBE - JANEIRO DE 2017




MARCADORES: PERUÍBE, MUNÍCIPES PERUIBENSES, SUS / SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE, PRONTO-SOCORRO, UPA / UNIDADE DE PRONTO ATENDIMENTO, CONSTRUÇÃO DO NOVO HOSPITAL, OBRAS, PRÉDIO, EDIFÍCIO, PREFEITURA, NOVO GOVERNO MUNICIPAL 2017


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

DIREITOS HUMANOS PRA BANDIDOS? EDUARDO BOLSONARO FALA TUDO! - JANEIRO DE 2017



MARCADORES: DEPUTADO FEDERAL EDUARDO BOLSONARO (VOTEI NELE EM 2014), MASSACRE NO PRESÍDIO EM MANAUS / JANEIRO DE 2017, ESTADO DO AMAZONAS, REGIÃO NORTE DO BRASIL, BRASILEIROS, VIOLÊNCIA NO SISTEMA PRISIONAL, DIREITOS HUMANOS, MORTES, ASSASSINATOS, FACÇÕES CRIMINOSAS, PCC, FDN



segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

MUDANÇAS DEMORAM, MAS ESTÃO ACONTECENDO | DENISE CAMPOS DE TOLEDO - JANEIRO DE 2017



Quando se enfrenta uma crise como a que vivemos, qualquer mudança parece lenta. Mas se comparamos a situação de hoje com um ano trás está “menos ruim”.

O chato para os gatos pigados que berram FORA TEMER, é que com o fim da depressão econômica neste ano, como convencerão as massas de que agora está pior do que quando a Dilma desgovernava o país?


MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, ECONOMIA BRASILEIRA, RECESSÃO / DEPRESSÃO ECONÔMICA, PERUÍBE, PERUIBENSES, #ForaTemer2017 (SÓ PARA PROVOCAR ESQUERDISTAS)


CARNÊS DO IPTU JÁ ESTÃO SENDO ENTREGUES - JANEIRO DE 2017



MARCADORES: CARNÊ DE IPTU EM PERUÍBE 2017, IMPOSTO, MUNÍCIPES PERUIBENSES, ARRECADAÇÃO, PREFEITURA, GOVERNO MUNICIPAL

sábado, 7 de janeiro de 2017

CANÇÃO ALGUÉM EM ALGUM LUGAR EM TEMPO DE VERÃO / SIMPLE MINDS - JANEIRO DE 2017



Canção para uma noite quente de verão.


"Fique, estou queimando devagar Comigo na chuva, caminhando numa chuva fina Chamando meu nome Veja-me queimando devagar

Dias ensolarados, acorde em um dia ensolarado Sombras de formas brilhantes mudarão todo o tempo Lembranças, em chamas lembranças douradas Memórias de dias de ouro mudam-me nesta época

Em algum lugar há um local, que milhões de olhos não podem ver Em algum lugar há alguém, que pode ver o que eu posso ver

Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão

Momentos queimam, lentamente queimam noites douradas Mais uma vez veja as luzes da cidade se abraçando as chamas das velas Dias brilhantes, acorde em dias brilhantes Sombras de formas brilhantes mudarão me todo o tempo

Em algum lugar há um local, que milhões de olhos não podem ver Em algum lugar há alguém, que pode ver o que eu posso ver

Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão Alguém em algum lugar em tempo de verão"



MARCADORES: TEMPORADA DE VERÃO 2016 / 2017 EM PERUÍBE, PERUIBENSES, CALOR, CHUVA, CANÇÃO PARA UMA NOITE DE VERÃO


PERUÍBE PRORROGA VENCIMENTO DA 1ª PARCELA DO IPTU PARA 20 DE JANEIRO DE 2017






Vencimento inicial seria na próxima segunda-feira (9). Prefeitura justificou mudança pelo atraso na entrega dos carnês. 

Do G1 Santos

A Prefeitura de Peruíbe, no litoral de São Paulo, anunciou nesta sexta-feira (6) que vai prorrogar o prazo para o pagamento da primeira parcela do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU).

A administração municipal justificou a alteração pelo atraso na entrega dos carnês. Com isso, a data foi prorrogada de 9 de janeiro para 20 de janeiro de 2017. O mesmo vale para o recolhimento de cota única, de primeira das três parcelas ou de primeira das 12 parceladas dos impostos, taxas e contribuições.

Já as datas das demais parcelas com vencimento nos meses posteriores permanecem inalteradas, informou a prefeitura.



FONTE: G1


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, ARRECADAÇÃO DE IMPOSTOS MUNICIPAIS, CARNÊ DO IPTU, ENTREGA DOS CARNÊS EM JANEIRO DE 2017


quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

PREFEITO DORIA X PICHADORES DE MONUMENTOS PÚBLICOS - JANEIRO DE 2017



Dentro do Programa Cidade Linda, Prefeitura inicia a limpeza das pichações da Ponte Estaiada, que fica na Região do Brooklin, Zona Sul da Capital. O trabalho deve levar pelo menos mais 10 dias.

Francamente, eu quero entender uma coisa: que tipo de gente que ESCALA A FAMOSA PONTE ESTAIADA PARA PICHÁ-LA? Ora, tem uns babacas por aí que classificam a pichação como uma forma dos "excluídos" se manifestarem a favor da "justiça social", mas eu me pergunto quem eram os "excluídos" que tinham recursos - equipamentos de alpinismo, treinamento - para poderem pichar a ponte três vezes! Isso é coisa de quem está na miséria, que sequer tem o que comer?

Meus parabéns, prefeito Doria. A turma de "excluídos" do PIXO não vão gostar, mas o povo paulistano NÃO APÓIA PIXAÇÃO, o povo quer limpeza e ordem. Prossiga nesse importante trabalho.

MARCADORES: CIDADE DE SÃO PAULO, CAPITAL DE SÃO PAULO / SP, PROGRAMA CIDADE LINDA, PREFEITO JOÃO DORIA, PONTE ESTAIADA, PIXADORES, PIXAÇÕES, PIXO, LIMPEZA DOS MONUMENTOS PÚBLICOS, PSDB

O NOVO GOVERNO PERUIBENSE: PRIMEIRAS IMPRESSÕES - JANEIRO DE 2017



MARCADORES: NOVO GOVERNO MUNICIPAL EM PERUÍBE, PREFEITO DE PERUÍBE, LUIZ MAURÍCIO, ADM / ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL, POVO PERUIBENSE, SUS / SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE, SAÚDE PÚBLICA, UPA, MATERNIDADE, HOSPITAL, VERBAS PARA O TURISMO, ANO DE 2017


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

ANO NOVO, VELHOS PROBLEMAS | DENISE CAMPOS DE TOLEDO - JANEIRO DE 2017



O ano muda, mas a maior parte dos problemas do País continua. A expectativa é de que a recessão, no entanto, tenha ficado em 2016.



MARCADORES: ANO NOVO 2017, RECESSÃO BRASILEIRA, BRASIL EM CRISE, RECUPERAÇÃO ECONÔMICA, PROTESTOS FORA TEMER EM PERUÍBE 2017 (TE PEGUEI, ESQUERDISTA!), #ForaTemer2017


segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

COISAS DE PERUÍBE: SIGNIFICADO DA PALAVRA UNANIMIDADE - JANEIRO DE 2017




MARCADORES: POLÍTICA EM PERUÍBE 2017, CÂMARA DE VEREADORES, VOTAÇÃO, ELEIÇÃO, ELEITO POR UNANIMIDADE


QUEIMA DE FOGOS EM CURITIBA / PASSAGEM DE ANO - JANEIRO DE 2017




Queima de fogos nos bairros curitibanos de Lindoia e Fanny. Na terra do Sérgio Moro também teve comemoração. A República de Curitiba será foco de grandes acontecimentos neste 2017.

MARCADORES: ANO NOVO / RÉVEILLON EM 2017, 1 DE JANEIRO DE 2017, QUEIMA DE FOGOS, PIROTECNIA, SHOW, PASSAGEM DE ANO EM CURITIBA

ARTUR PARADA PRÓCIDA CONTINUARÁ TRABALHANDO PELO PROGRESSO - JANEIRO DE 2016




O evento começou por volta das 19 horas, com a presença de mais de 500 pessoas


DE A TRINUNA ON-LINE

Emocionado por estar tomando posse pela quinta vez como prefeito de Mongaguá, Prof. Artur Parada Prócida (PSDB) agradeceu novamente o apoio da população pela sua reeleição. O vice, Marcio Melo Gomes, o Marcio Cabeça (PSDB), e os 13 vereadores eleitos ou reeleitos no pleito de outubro de 2016 também tomaram posse de seus mandatos neste domingo (1º).

“Continuaremos administrando Mongaguá com carinho, com respeito e amor por nossa gente. Iremos trabalhar todos os dias com responsabilidade e transparência com o dinheiro público. Ando em Mongaguá de cabeça erguida, sempre. Provamos que a maioria das obras e serviços existentes na cidade foi fruto das nossas administrações, ressaltou.

O chefe do Executivo continuou disse que orçamento é pequeno e que não cabe corrupção aqui. "Temos de trabalhar com responsabilidade, cumprindo as leis. E por isso temos todas as contas aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado de São Paulo".

Prof. Artur salientou que apesar da crise financeira brasileira, que culmina na queda de arrecadação e na redução dos repasses, o trabalho para manter o equilíbrio permanecerá. “Vivemos uma crise jamais vista no Brasil. Estados quebrados, cidades no vermelho. Queda das arrecadações e redução nos repasses ao município. Temos uma missão difícil para os próximos quatro anos. O cenário econômico é negativo. Mas todos nós, unidos e focados no melhor para a nossa cidade. Teremos de apertar o cinto. Vamos manter Mongaguá no equilíbrio necessário.”

O vice-prefeito, Marcio Cabeça, enalteceu o compromisso dele e do Prof. Artur em administrar a cidade e se comprometeu a manter-se empenhado ao lado do prefeito pelo bem do futuro de Mongaguá. “Serão mais quatro anos de muito trabalho. De um trabalho sério, diário, com objetivos e, sobretudo, de respeito à população de Mongaguá. A administração que se encerrou ontem foi de dificuldades, mas também de muitos avanços. Mongaguá cresce e isso é fruto de um trabalho honesto e dedicado, meu e do Prof. Artur. Há problemas, há sim. Temos conhecimento. Mas a população sabe que o nosso empenho é de domingo a domingo. Por isso temos a confiança de sair às ruas no período eleitoral e ir às casas das pessoas, olhar no olho. A população sabe que realmente trabalha pelo progresso da cidade. Sem dúvida foi por isso que em outubro, 11.071 eleitores saíram de suas casas para confirmar novamente o nome dessa dupla: Prof. Artur e Marcio Cabeça.

O vereador Antonio Eduardo dos Santos, o Baianinho (PMDB), presidiu a sessão, por ser o candidato com maior votação no pleito 2016. Foram empossados todos os vereadores eleitos e reeleitos, o prefeito Artur Parada Prócida e o vice Márcio Melo Gomes. Eles entregaram suas Declarações de Bens e assinaram o Livro de Registro de Posse.

Após discursos, foi iniciada a sessão que definiu a Mesa Diretora. Rodrigo Cardoso Biagioni foi eleito presidente do legislativo mongaguaense.

Confira a composição da Mesa Diretora da Câmara; Rodrigo Cardoso Biagioni, o Rodrigo Casa Branca (PSDB) - Presidente Carlos Silva Santos Neto, o Carlão da Imobiliária (PDT) - Vice-presidente Carlos Jacó Rocha, o Carlos Cafema (PRP) - 1º Secretário Alex Marcelo dos Santos, o Prof. Alex (PSB) - 2º Secretário Luciano Lara Vieira (PTN) - Suplente

Histórico

Artur Parada Prócida foi reeleito prefeito em Mongaguá com 11.071 votos, o equivalente a 38,41% dos votos válidos. Em segundo lugar ficou Rafael Redó (DEM), com 8.560 votos, o que dá 29,70% dos votos válidos.

Prócida nasceu em 17 de abril de 1946. Foi vereador entre 1982 e 1988 e vice-prefeito entre 1989 e 1992. Foi eleito prefeito de Mongaguá pela primeira vez em 1992 e eleito novamente em 2000, 2004 e 2012.

No pleito de 2012, o então prefeito da cidade, Paulo Wiazowski Filho (DEM), que disputava a reeleição, venceu a disputa com 12.039 votos, mas teve o registro cassado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE). Prócida ficou em segundo lugar, com 10.574 votos. Depois de uma verdadeira batalha jurídica, o tucano acabou vencendo e foi diplomado.

Vereadores eleitos: Baianinho (PMDB), Cláudio Arena (PRP), Carlão da Imobiliária (PDT), Guilherme Prócida (PSDB), Rodrigo Casa Branca (PSDB), Carlos Cafema (PRP), Tubarão (SD), Guinho (PRP), Zé Pedro (PPS), Leo (DEM), Paulinho da Farmácia (DEM), Raniedson (SD), Prof. Alex (PSB).



FONTE: A TRIBUNA



COMENTÁRIO: este pequeno blog não apenas parabeniza ao prefeito Artur Parada Prócida, mas também aos milhares de eleitores mongaguaenses, que novamente souberam fazer a melhor escolha. Aqui em Peruíbe foram necessários VINTE ANOS se passassem para que eleitores peruibenses fizessem de novo uma boa escolha para o Paço Municipal. E justamente por isso que Mongaguá está muito melhor do que Peruíbe. Tudo uma questão de escolhas, sem ilusões.


MARCADORES: POSSE DO PREFEITO E VICE PREFEITO EM MONGAGUÁ, DOMINGO, 1 DE JANEIRO DE 2017, PSDB, MONGAGUAENSES, BAIXADA SANTISTA, LITORAL PAULISTA


domingo, 1 de janeiro de 2017

PERUÍBE, 1 DE JANEIRO DE 2017: PRIMEIRO DIA DA RECONSTRUÇÃO





Luiz Maurício assume com a responsabilidade de reduzir dívidas



A sessão de cerimônia de posse foi presidida pela vereadora Milena Bargieri (PSB). 

DE A TRIBUNA ON-LINE

Na manhã deste domingo (1º), a cerimônia de posse do prefeito de Peruíbe Luiz Maurício (PSDB) e do vice Andre de Paula (SD), teve início por volta das 10 horas, na Câmara Municipal. A sessão foi conduzida pela vereadora eleita Milena Bargieri (PSB).

Como metas de seu governo, Luiz Maurício disse que pretende renegociar a dívida do município e rever contratos com fornecedores e prestadores de serviço. “Nesta segunda-feira, iremos publicar um decreto que vai determinar a renegociação da dívida que está sendo herdada, que supera os R$ 40 milhões.”, disse.

Antes mesmo de tomar posse, o chefe do executivo encaminhou à Câmara de três projetos de lei. O primeiro trata da a redução do número de cargos comissionados. O segundo formalizou a criação da Secretaria Municipal de Comércio, Indústria e Emprego e o último falou sobre a regulamentação das funções gratificadas para funcionários públicos efetivos da Prefeitura.

Segundo o prefeito eleito, as medidas irão gerar economia de R$ 1 milhão ao ano para os cofres ­públicos.

Histórico

Luiz Maurício venceu a eleição em Peruíbe após uma votação bem apertada. Ele recebeu 8.020 votos, representando 28,5% dos sufrágios válidos, ficando à frente, por 205 sufrágios, de Emer (PSDC), que recebeu 7.815.

Ele é advogado, tem 37 anos, e assume o comando da cidade do Litoral Sul pela primeira vez para substituir Ana Preto (PTB).

Vereadores eleitos: Milena Bargieri (PSB), Rodrigo Silva (PSDB), Ton Gaspar (PEN), Rafael (PMDB), Eduardo Telles (PMDB), Ingram Menezes (PSDC), Tamer Júnior (PSB), Astrogildo (PEN), Oliveira (DEM), Dr. Abude (PSDB), Paulinho da TV (PC do B), Sussumu (PSDB), Adilson da Taxi Van (PTB), Loro (PTB), Mohai (PSDC). 



FONTE: A TRIBUNA


COMENTÁRIO: e no mesmo dia, o vereador Rodrigo Silva (PSDB), foi eleito Presidente da Câmara de Peruíbe por unanimidade.


POSTAGEM RECOMENDADA: CIDADE SEM FUTURO


MARCADORES: PERUÍBE, POVO PERUIBENSE, PERUIBANO, POSSE DO PREFEITO E DO VICE-PREFEITO, DOMINGO, 1 DE JANEIRO DE 2017, PSDB, NOVO GOVERNO MUNICIPAL


QUEIMA DE FOGOS EM PYONGYANG, COREIA DO NORTE, 1 DE JANEIRO DE 2017




Esqueçam as comemorações do ANO NOVO no Rio de Janeiro, São Paulo, Curitiba, Santos, Peruíbe ou qualquer outra metrópole importante. Os camaradas de Pyongyang, capital da República Democrática da Coreia, mais conhecida como Coreia do Norte, é que sabem dar um show! Se considerar a introdução que exalta o supremo líder Kim Jong Eun um tanto cansativa, pule para cinco minutos de vídeo. E pouco importa se não entende patavina dos entusiasmados narradores: os norte-coreanos sabem como fazer uma bela queima de fogos, que também anunciou o início do calendário JUCHE (se não me engano, isso tem a ver com o ano de nascimento do "Grande Líder" Kim Il Sung), agora no ano 106.


MARCADORES: ANO NOVO 2016 / 2017, QUEIMA DE FOGOS RÉVEILLON 2017, 1 DE JANEIRO 2017, COMEMORAÇÕES EM PYONGYANG CAPITAL DA COREIA DO NORTE, JUCHE 106