domingo, 27 de setembro de 2009

Satisfação em ser funcionário publico (municipal) comissionado


Vou escrever sobre uma cidade, onde funcionários publicos municipais comissionados, são convocados para uma reunião.
Nessa reunião, eles tiveram a alegria de escutarem grandiosos discursos, feitos por gente mais acima, VCS sabem, de cargos de chefia, sobre um GRANDE EVENTO QUE IRIA OCORRER NA CIDADE.
Tratava-se de um evento o qual, segundo os palestrantes, daria a tal município FAMA INTERNACIONAL.
Sabem como é...tal lugar vive do turismo....se batessem um certo RECORDE, choveria turista nesse belo e paradisíaco municipio.
Era um recorde, que teria de ser batido com a participação de várias pessoas, as quais teriam de executar uma mesma atividade, em poucos segundos, em diferentes pontos da cidade.
Seriam necessários vários voluntários para isso. É aí que entraram os comissionados.
Os quais, VOLUNTARIAMENTE, PARTICIPARAM DO EVENTO....foram...convidados na reunião.
No grande dia, ocorreu uma chuva (de agua, não de turista) implacável....mas isso não é problema para os voluntários, muitos dos quais sem guarda-chuvas, capas, e tendo de tentar se abrigar embaixo de árvores.
Foi o sinal, e o povo participou COM MUITA ALEGRIA, MUITO FESTIVO, e bateram o tal recorde, o qual, sem qualquer duvida, dará fama para a bela cidade.
Várias fotos foram tiradas, inclusive algumas que foram parar em um jornal da prefeitura, chamado BOLETIM OFICIAL DO MUNICIPIO (edição numero 370, do último 20 de setembro), no qual aparecem crianças ensopadas por causa da chuva, a qual, aliás, foi bem fria. Mas tudo bem....elas estavam alegres, e é isso o que importa. Não vamos nos estressar.
Tudo bem que o desfile do sete de setembro local foi cancelado por causa da "ameaça da chuva" ( foi um dia ensolarado), por causa do risco das crianças se molharem e, contraditoriamente, no IMPORTANTE ACONTECIMENTO, tudo pode ser diferente. Os donos do poder sempre tem razão.
E os comissionados, mesmo molhados pela chuva fria, cumpriram com o papel para o qual foram convidados....com muita satisfação.

sábado, 26 de setembro de 2009

Supermercado DIA versus COMPREBEM em Peruíbe




















Felizmente, os consumidores daqui e os veranistas já não precisam se incomodar com o monopólio da rede de supermercados COMPREBEM (duas lojas na avenida anchieta, próximas uma da outra); a filial da rede DIA % está quebrando um galho do povo !!!!
Curiosamente, a loja do DIA fica no mesmo local em que funcionou o extinto TAMOIO....lembro de que foi um mercado antigo, que já estava lá antes mesmo da inauguração da TELESP.
E o Tamoio não aguentou a concorrencia com o COMPREBEM. Com dificuldade, suportara o antigo PERALTA....mas aí, em 1998, veio o PÃO DE AÇUCAR (hoje COMPREBEM) e veio o declínio.
O DIA se caracteriza por não privilegiar os chamados "produtos de marca". Prioriza a venda de artigos de fabricação propria, que saem por preços bem menores. O açougue de lá é uma franquia à parte, com carne mais em conta.
Mas podia ser melhor: não possui padaria, venda de gás e a considerável variedade do COMPREBEM.....que conta com duas lojas !!!! E o DIA no meio delas !!!!
Recomendo o supermercado DIA. Não tem tudo o que gostaríamos....mas, sem dúvida, é mais em conta no que oferece.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Sobre a ofensiva do Tet Peruibense

A ofensiva do Tet foi uma grandiosa ação militar, ocorrida em 1968, no Vietnã, durante a qual forças vietcongs e do vietnã do norte atacaram alvos militares noVietnã do sul (até a embaixada dos EUA foi invadida), buscando, na prática, dominar o país e derrotar as forças dos EUA e os seus aliados nativos.
O evento é descrito no filme NASCIDO PARA MATAR . O que é que isso tem a ver com Peruíbe?
Pois bem, os camaradas de Peruba City tentaram também, a OFENSIVA DO TET PERUIBENSE .
Parece incrível, mas ocorreu. Lutaram bravamente contra o clâ forasteiro....mas foram derrotados. Em parte....eu já explico.
Falo do PSOL de Peruíbe, para o qual (nosso vietcong?) tenho de tirar o chapéu, por tamanha determinação. Vejam, é do Blog deles (abram o link):

MINISTRO LEWANDOWISKI, NEGA SEGUIMENTO DE RECURSO DO PSOL NO TSE, DE DUPLA FILIAÇÃO DE QUEM SE DESFILIA DIA SEGUINTE AO DA FILIAÇÃO EM RESPE Nº 35843 - Recurso Especial Eleitoral de Peruibe - UF: SP

Pois é, pessoal....fizeram o que era correto. Quanto ao senhor Ministro, bom, dizer o que? Estou...indignado? Infelizmente, esperava por isso. Peruíbe não passa por um bom momento, mas VCS fizeram o que era correto. Meus parabéns.

Eu elogio o PSOL de Peruíbe por, ao contrário de outras correntes políticas do município, não ter arregado, buscando "ficar de bem", tendo uma verdadeira preocupação com o futuro próximo da nossa terra.

Derrotados? No Vietnã, os VIETCONGS tiveram uma vitória moral; os EUA perderam a condição de serem o país com o exército dos desembarques invencíveis. A Vitória, de um povo de agricultores contra a nação mais poderosa do mundo, foi uma questão de tempo. O conflito terminou em 1975, com os guerrilheiros entrando triunfantes em Saigon.

A atual classe dirigente pode sofrer derrotas, já sofreu algumas ( ver , ela não se dá bem sempre. Lembrem-se de que 2010 se aproxima, e o eleitorado precisa ser cuidadoso, quanto a questão de eleger um deputado estadual local.

Sabem do que (e de quem) eu estou falando, não é mesmo?

leiam



segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Peruíbe e um....importante recorde? Para que?



Peruíbe entra para o livro dos recordes

De A Tribuna On-line


"A ação ambiental que ocorreu nesta manhã em Peruíbe resultou na plantação de duas mil e 94 árvores de Manacá da Serra Anão espalhadas em toda a cidade. A meta, que era plantar 2 mil mudas em 40 segundos, foi ultrapassada.


A ação teve como principal objetivo comemorar o Dia da Árvore e mobilizar a população em relação aos problemas ambientais. A ação entrou para o RankBrasil – Livro dos recordes.


Segundo a prefeita, Milena Bargieri, o recorde foi quebrado graças ao apoio da população. Mais de três mil pessoas fizeram parte da ação. Entre elas, autoridades; estudantes da rede municipal, estadual e particular; universitários; grupos da terceira idade; comerciantes; entidades assistencialistas; funcionários públicos; autoridades municipais e estaduais e munícipes voluntários.

Agora, a cidade irá constar na categoria “Plantio Simultâneo em Menos Tempo”, do Livro dos Recordes brasileiro. O evento ocorreu às 11h30, momento em que as mudas foram plantadas em toda a extensão da principal avenida da cidade, a Padre Anchieta e outras como a João Abel, Domingos da Costa Grimaldi e Padre Leonardo Nunes, além do bairro Guaraú.
O Manacá da Serra Anão, planta nativa da Mata Atlântica, foi escolhida por ser uma excelente opção para o paisagismo urbano, pois não apresenta raízes agressivas, permitindo seu plantio em diversos espaços, inclusive em calçadas. Além disso, ela cresce no máximo três metros e não atinge os fios da rede elétrica."


Pois é, um fato "muito importante" ocorreu hoje, na cidade. Embaixo de chuva, uma multidão esperou pelo sinal, para que, em poucos segundos, milhares de árvores fossem plantadas.
Eu vi o povo esperando pelo tal sinal para começarem e, francamente, nem todos os "voluntários" (vejam bem, vários deles funcionários públicos municipais...) estavam gostando. Bom, alguém tem de fazer a crítica. Sejamos francos: foi um circo, para chamar a atenção da mídia (TV tribuna esteve presente) e dar para a cidade um recorde....que não será útil para Peruíbe. Pronto, eu falei !!!
O Manacá da Serra é uma planta bonita, linda, e eu não discuto a importancia desse plantio, mas, repetindo, por favor, NÃO PRECISAVA DESSE CIRCO TODO !!!!
Entrar para esse "livro dos recordes" vai beneficiar o município em quê? Atrairá mais turistas? Irá melhorar a nossa economia? Isso parece coisa daquelas cidadezinhas idealizadas de novela, onde a casa do pobre é mais bonita, onde o sofá do pobre é mais bonito, e na falta de algo melhor para se fazer (está tudo uma maravilha, estamos na ilha da fantasia), para espantar o tédio....vamos bater um recorde !!!!
E todos voluntários, ali, participando, por vontade própria (

domingo, 20 de setembro de 2009

TEXTO DE UM PERUIBENSE ANÔNIMO

O texto abaixo foi escrito por um morador anonimo de Peruíbe, que fez um inteligente comentário, no dia 11 de setembro de 2009, na postagem


"Depois de 37 anos vivendo, pagando impostos e ralando na foice nessa cidade de Peruíbe e, talvez, pelo meu cacoete de geógrafo, acho que posso contribuir com alguma experiência de vida nessa discussão sobre qual cidade queremos ter.

Conheci Peruíbe com 10 mil habitantes, ruas de areia, a farmácia do seu Enéas, um posto safado de gasolina, um mercado de secos e molhados do Omuro, uns 120 telefones ofertados gratuitamente pela "Companhia Telefônica de Peruíbe" (acreditem, amigos, já houve isso...)um cinema com cadeiras de madeira, duas padarias, uma Avenida Pe. Anchieta sem calçamento, um Guaraú onde só se chegava com coragem e de jipe, o Balneário Oásis onde só se via palmeiras jerivás (daí o nome do balneário)e quase nenhuma casa. Era uma Peruíbe acanhada, pacífica e sem maiores traumas que a falta crônica de água nas poucas torneiras servidas. Quem não tinha água ia na bica do centro...Comprava-se peixe e camarão salgado na rua. De "grandioso" só havia aqui as Termas de Peruíbe, uma construção acanhada, mas cheia de promessas na cura pela lama negra e que faliu quando fiquei sócio. Pescava muito robalo no Rio Preto, e muito mais camarão sete barbas num simples arrasto de rede no final das tardes. Na praia do centro, diga-se de passagem. Enchia-se um balde com eles, para o terror das mulheres que tinham de limpá-los enquanto nós, os homens, balançávamos numa rede tomando cerveja meio morna que gelo era uma coisa difícil naqueles tempos. Não havia bandidos, nem polícia. Como as ruas eram só areia, não se usavam havaianas, só tamancos feitos de madeira produzidos pela heróica Tamancaria Santista que ainda existe lá no centro.

Bom, isso foi há 37 anos. Os tempos não voltarão jamais. Hoje,lidamos com radares, falta de estacionamento, flanelinhas, impostos astronômicos, bandidagem solta, muito comércio, orla urbanizada, praias poluídas, camarão importado do CEASA, etc, etc, etc. Temos de tudo um pouco e a cada hora que passa, mais um pouco.

Chegamos na hora da verdade sobre o que queremos de fato. Vocação turística !? Isso é conversa fiada pra boi dormir, isso não existe em lugar nenhum... Temos praias poluídas e muita mata protegida legalmente, nada mais. Temos mais de 140 pousadas e hotéis, mas não temos turistas. Temos um mar enorme na frente, mas não existem lanchas e barcos que o justifiquem como lugar de lazer náutico. Não temos sequer uma marina. Não temos nenhuma operadora de turismo, não temos gente capacitada na área, não temos política municipal para o incremento do turismo. Então...estamos como aquele menino com muita vocação para a medicina mas que acabou mesmo foi é trabalhando na quitanda da esquina.

Somos uma cidade feita de pessoas sem qualquer ligação com a história local. Não temos uma história para contar, não temos uma cultura local para defender, não temos uma tradição, uma festa própria, um artesanato, uma música, uma dança, nada. Somos apenas um condomínio municipal à beira do mar poluído e muitas lojinhas para gastar o nosso futuro."

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Meu elogio ao Peruíbest


Em um blog tão ácido, tenho que dar o braço a torçer, para um site de qualidade, o http://www.peruibest.com.br/ . Ele é muito útil, para todo aquele que visita a nossa cidade, principalmente se for pela primeira vez: vai direito ao ponto.
Caramba, acho que esta será a minha postagem mais curta...bom, visitem o link e aproveitem.

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

MAIS VEREADORES EM PERUÍBE PARA QUÊ?


Câmara aprova PEC que cria 7.709 vagas de vereadores

A Câmara dos Deputados aprovou a proposta de emenda constitucional que cria 7.709 novas vagas de vereadores. A emenda obteve 370 votos a favor, 32 contrários e duas abstenções.

A proposta, que já passou pelo Senado, terá ainda de ser votada em segundo turno. Hoje o País tem 51.748 vereadores. O cálculo do número de novos vereadores foi feito pela consultoria legislativa da Câmara, com base na população estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para 2009.

Os suplentes lutam pelas novas vagas por mais de um ano. Parte deles passou a ocupar as dependências da Câmara de terça a quinta desde que o Legislativo voltou do recesso. Na terça-feira, eles fizeram corredores poloneses por onde passavam os parlamentares e ocuparam as galerias da Câmara. Não foram agressivos. Apenas pediram apoio.

Embora o texto da emenda diga que os seus efeitos passam a valer a partir da eleição de 2008, a posse não deverá ser automática. Cada Câmara de município que aumentou a população nos últimos quatro anos terá de dizer se as novas cadeiras poderão ser ocupadas pelos suplentes. E há, no Congresso, a certeza de que o assunto terminará no Tribunal Superior Eleitoral, cujo presidente, Carlos Ayres Britto, já disse que não dará a posse aos suplentes.


Gazeta do Litoral
[ 14:08 ] Sexta-feira
11 de setembro de 2009

Vejam só que lindo....a alegria dos sujeitos acima; muitos deles suplentes de vereadores.

E Peruíbe, com a insanidade acima indo adiante...passará a ter quinze vereadores.


Pergunta: para quê eles servirão?


Sei que eles estão muito felizes, mas só eles (acho que só eles....sei lá) ganham com isso.


Terão poder político, novos amigos (como vereadores conseguem amigos !!!! Pessoas sempre dispostas a lutarem por eles, elogiá-los....), bons salários, ajuda de gabinete, acessores, pagos por nós (mais pessoas que ficarão felizes...pois é).... e a cidade? O que é que ganha?


O que Peruíbe ganha com mais analfabetos políticos no legislativo?


Alguém aqui acredita na asneira, que corre por aí, de que "um número maior de vereadores aumenta a representatividade de diferentes camadas da sociedade, é benéfico para a democracia?"

O povo vê vereador como um tipo mais sofisticado de assistente social, capaz de lhe dar dentadura, cesta básica, gás, internação em hospitais e....como que é mesmo? Empregos.


Pois é, empregos, belos empregos na máquina administrativa (municipal) em que os veradores atuam ou influenciam. Como VCS acham que muitos funcionários municipais comissionados entram? É tudo uma questão de "contatos", de se ter a "amizade" com a pessoa certa, a qual pode recomendar o cidadão.

O que VCS acham que faz um sujeito trabalhar de graça, para um candidato a vereador (ou prefeito, o cara, se eleito, vai ter mais "pudê"), em uma eleição? Isso acontece, todos aqui sabem disso....trata-se de amizade? Afeto? Parentesco? Qual é o verdadeiro interesse?

É por isso que eu adoro concursos publicos (sou funcionário publico concursado, não em Peruíbe, naturalmente)....eles são exelentes (quando feitos sem artimanhas) para democratizarem o serviço publico, atrapalhando a vassalagem, esse servilismo nojento que empesteia Peruíbe.

Para certas pessoas , mais vereadores são uma benção.....falo dos peruibenses servis e aduladores (a famosa turma que lambe a guia, quando quem eles apoiam perde a eleição), os quais já beijam as mãos dos favorecidos, dos novos privilegiados.

E os jornais peruibenses, o que dizem? Criticam? Questionam? Noticiam, mas com muito cuidado.

Funções de vereador:

-Licitar obras e outras benfeitorias para o município;
- cuidar da elaboração da Lei Orgânica do Município;
-fiscalizar (vejam a importancia) e julgar (já vimos isso em 2008, lembram?) as contas do executivo (tipo as do prefeito e do sujeito "que foi prefeito", e que quer ser candidato novamente....);
-o que ele diz, opina e vota não pode ser modificado, adulterado, ele é "inviolável";
-e tem que legislar sobre assuntos os quais dizem respeito aos interesses do nosso municipio.

Em nada acima, são mencionados favorecimentos feitos a diferentes moradores da cidade, em que o membro da vereança atua.


Eleitores peruibenses: PAREM DE TRATAR VEREADORES COMO SEMIDEUSES, eles são pessoas que não estão lá para nos fazerem "favores particulares", mas para cumprirem as obrigações, para as quais eles foram eleitos. Apenas isso.


Ficam se humilhando, lambendo os pés deles, para quê? Depois reclamam, que eles se consideram os poderosos, que se acham os tais.

O sujeito entra lá, fica com aquela coisa de dar título de CIDADÃO PERUIBENSE (para que serve isso? O fulano foi eleito para tratar disso?) para fulano, beltrano ou cicrano, mais um monte de bobagens (tipo aprovar contas de um ex-prefeito, contas que o próprio supremo tribunal rejeitou) e tá bom?

Mas não adianta argumentar. A própria população é responsável pela má qualidade do nosso legislativo, vota pessimamente (em troca de promessas, de futuras vantagens) e vive correndo atrás de pessoas as quais, francamente, GANHAM BEM DEMAIS PARA O QUE FAZEM.

Texto recomendado:


quinta-feira, 10 de setembro de 2009

11 de setembro e o futuro

Costuma se discutir muito, a respeito de quando terminou , de fato, o século XX.
Uns, especialmente historiadores marxistas, dizem que ele se encerrou em 1991, com o fim da URSS.
Já outros afirmam, que ele começou em Sarajevo (bósnia), naquele famoso atentado, no ano de 1914, provocando a trágica primeira guerra mundial, e se encerrou também naquela cidade, em 1995, com o fim daquela guerra nos bálcâs.
Pois eu digo que o século passado começou durante a noite de 16 de abril de 1912, com o naufrágio do TITANIC, e se encerrou em uma manhã de 11 de setembro de 2001, com o ataque ao WORD TRADE CENTER.
Em ambos os casos, ocorreu o impensável. Tanto o Titanic quanto o WTC eram os triunfos tecnológicos de suas épocas, cheios de simbolismos....cheios de poder.
Pareciam indestrutíveis; o transatlântico citado foi considerado INSUBMERGÍVEL (como é que pode?) , e as torres gemeas seriam capazes, de acordo com a teoria, de resistirem até a um terremoto em Nova Iorque !!!
Em ambos os casos, ocorreram rupturas. Em 1912, o Titanic marcou o fim da "béla época", aquele tempo em que os mais ricos viviam mais despreocupados do que hoje, tempo em que a Europa era o centro do planeta: em 1915, jovens ricos perdiam as vidas na frente ocidental, vivendo o que parecia ser o desmonte da civilização européia.
Já em 2001, o mundo começou a assistir ao fim dos EUA como superpotência.
Que ninguém subestime o senhor Osama Bin Laden. Ele é um destruidor de impérios; ajudou o próprio EUA no Afeganistão, contra os soviéticos (lá foi o vietnã deles) e agora está contra aquele que o treinou e armou.
De que futuro eu falo? Falo de um futuro em que o uso de armas nucleares (vejam o Irã) será uma realidade; em que armas químicas e biológicas serão usadas, inevitavelmente. Veremos grandes tragédias, o mundo caminha para elas.
Cabe ao governo brasileiro ser cuidadoso, e saber nos manter à margem desses terríveis acontecimentos, os quais modificarão profundamente o mundo.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Campanha Ficha limpa é conhecida em Peruíbe?

Alguém aqui já ouviu falar da existência do MCCE ? Pois bem,trata-se de uma ONG (MOVIMENTO DE COMBATE À CORRUPÇÃO ELEITORAL) que, vejam só, criou o que chama de CAMPANHA FICHA LIMPA.
Ela consiste em um projeto de lei, o qual defende, pura e simplesmente, fazer com que sejam mais rígidos os critérios de inelegibilidades, ou seja, de quem não pode se candidatar.
Isso faria um estrago por aqui em 2012 (futuras candidaturas impedidas, muita gente só na vontade).....curioso...não sei desse assunto sendo discutido em Peruíbe, pelas personalidades da nossa classe política....quem, dos donos do poder local, falam sobre essa proposta, a apoiam?
Apenas sei que um senhor (eu não o conheço, mas só pode ser legal), chamado Raymundo medeiros, fez, no mês de abril, coleta de assinaturas ( o link mais abaixo explica o motivo da coleta), na Paróquia São João Batista (centro)...eu até desconheço se essa pessoa, é moradora da nossa cidade, ou apenas um visitante que contribuiu com algo benéfico para todos nós.
Trata-se de um assunto pouco conhecido em Peruíbe; soube pela mídia, e não falo dos nossos meios de comunicações locais.
Em algum jornal peruibense tal ONG, e a sua proposta, foram citadas? Quem tiver tal informação, peço que comente. Vejam o link abaixo:
http://www.mcce.org.br/

Por favor,gostaria de saber, se alguém daqui, da nossa cidade, já conhece a campanha, se considera que ela terá os resultados desejados, se é algo discutido entre os nossos políticos e candidatos a futuros políticos (não estou ironizando, gostaria de saber)....por favor, comentem.

terça-feira, 8 de setembro de 2009

oito de setembro assustador em Peruíbe

Por volta das seis da manhã, a cidade foi atingida por uma forte tempestade. O som do vento e a sua força davam a impressão de que um ciclone estava atravessando o municipio; foi sério, mas sem vítimas fatais ou feridos graves. Tivemos cortes no fornecimento de energia, telefone e celulares.
A foto acima é da tempestade, provocando uma grande onda lá em Santos; não foi como no filme "O Dia depois de amanhã", mas tenho certeza que teve quem pensou nisso.
Que diferença do dia anterior....o que está acontecendo com o mundo?

Vendaval interrompe aulas em escolas de Peruíbe

De A Tribuna On-line

A chuva que atingiu a Baixada Santista nesta terça-feira também causou estragos no Litoral Sul.



Em Itanhaém, quase duas horas após o temporal, as ruas ainda estavam intransitáveis. Na Rodovia Padre Manuel da Nóbrega, várias placas não resistiram à força do vento e no pátio de uma loja de materiais para construção muitos blocos e telhas ficaram quebrados. Um caminhão também foi atingido e a fiação elétrica acabou danificada.

Em Peruíbe, por segurança, as aulas foram suspensas na Emei Jardim Caraminguava, onde parte do telhado ficou comprometida e o muro do corredor desabou. Outra unidade, a Emei José Veneza Monteiro, também teve atividades suspensas.

As unidades Emei Caraguava, Emef Jardim Ribamar, Emeif Jardim Veneza 2 e Emef Professora Lílian Neri de Souza tiveram parte das aulas interrompida.

Técnicos da Defesa Civil passaram a tarde inspecionando imóveis do bairro Caraguava, os mais atingidos pela ventania. Quase 30 casas ficaram destelhadas. Segundo técnicos, está sendo feito um trabalho de rescaldo e plásticos e lonas estão sendo usados nas moradias para tentar resolver provisoriamente os problemas.

Em uma casa, o que o vento não levou, acabou quebrando. Seis pessoas moram no imóvel e tentam contar os prejuízos juntando o que sobrou em um espaço coberto.

A Defesa Civil de Peruíbe permanece de plantão nas ruas e pelo telefone 199. Uma equipe de assistência social também acompanha os trabalhos fazendo visitas a residências, levantando dificuldades da população em função do vendaval.

Em Mongaguá, os ventos destelharam parcialmente o Hospital Municipal, mas ninguém ficou ferido.

Em várias cidades da região, ao longo do dia, os moradores tiveram dificuldades para fazer ou receber ligações telefônicas e ficaram sem energia elétrica. As informações são da TV Tribuna.

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Receita de Caramel shortcake

Para que que este blog não fique (já tem) com a fama de ser muito pessimista, aqui vai a receita de um doce (de tres camadas) , o Caramel Shortcake. Experimentem:

INGREDIENTES
  • Para a base:
  • 120 g de manteiga meio sal
  • 180 g de farinha com fermento
  • 60 g de açúcar amarelo
  • Para o toffee:
  • 120 g de açúcar amarelo
  • 120 g de manteiga
  • 2 colheres de sopa de mel
  • 1 lata de leite condensado
  • Para a cobertura:
  • 1 colher de gordura vegetal hidrogenada para cada kg de chocolate
  • 300 g chocolate negro para culinária
MODO DE PREPARO

    Base:
  1. Derreta a manteiga e adicione primeiro o açúcar e depois a farinha
  2. Amasse tudo até formar uma bola homogênea
  3. Em uma supefície enfarinhada estenda a massa
  4. Em uma forma quadrada (com cerca de 20x20cm) forrada com papel vegetal, ajeite no fundo a massa estendida
  5. Pique a massa com um garfo
  6. Leve ao forno pré - aquecido a 170°c durante cerca de 30 minutos
  7. Depois de pronto, deixe esfriar dentro da forma
    Toffee:
  1. Colocar todos os ingredientes em um tacho
  2. Levar ao fogo brando durante 15 minutos, mexa sempre
  3. Despeje sobre a base cozida, ainda dentro da forma
    Cobertura:
  1. Derreta o chocolate com a gordura vegetal no microondas ou em banho - maria
  2. Em seguida, despeje sobre o toffee e deixe esfriar na geladeira
  3. Uma hora depois ou no dia seguinte, desenforme e corte em pequenos quadrados com uma faca passada pela água quente.

Peruíbe no sete de setembro de 2009 ....um belo dia ensolarado !!!!!


Visitei o site da FOLHA ONLINE, na parte que trata da previsão do tempo.
O que eu encontrei lá ? Justamente o que eu vejo hoje: dia ensolarado !!!! Sem nuvens e, consequentemente, sem qualquer ameaça de chuva !!!
E a prefeitura cancelou o desfile do sete de setembro, com a desculpa do tempo...instável? Pô, eu vi essa previsão ontem !!!!!
Ou é uma tremenda falta de organização ( incompetencia ), ou foi uma desculpa esfarrapada para outra questão: a gripe suína se espalhando pela cidade !!!
Mas, sendo este o caso, vão assumir isso? Dizer que a H1N1 foi a verdadeira responsável pelo cancelamento?
Se é assim, deveriam dizer, não ficarem calados. Mas, sabem como é....esta é uma cidade turística..vai que os visitantes descobrem que Peruíbe também está sendo atingida, por uma Pandemia QUE AINDA NÃO CHEGOU AO SEU AUGE.
E a temporada de verão se aproximando.....pois é.....grandes interesses.....Peruíbe não pode parar.

domingo, 6 de setembro de 2009

Sete de setembro: desfile de 2009 cancelado em Peruíbe !!!!


Pois é, o desfile que ocorreria amanhã, foi cancelado. A foto acima (2008) não terá uma parecida neste ano. A justificativa da prefeitura, é que se deve evitar a exposição dos estudantes, a uma possível chuva.
Preocupação com a gripe suína? Talvez....mas isso será uma tendencia? Eu duvido.
Trata-se de um evento sem importancia economica, turista tá ligando pra desfile de sete de setembro em Peruíbe?
Quero ver a mesma atitude, no Carnaval de 2010. Francamente, eu duvido.

sábado, 5 de setembro de 2009

Curiosidade sobre inaugurações de obras públicas em Peruíbe.


No dia 29 de agosto (um sábado), foi feita a inauguração de uma obra de pavimentação no Caraguava. O secretário de governo, senhor Gilson Bargieri, esteve lá, além de alguns vereadores, e até um deputado federal, o senhor Marcio França.
Eles discursaram, seguiram a rotina conhecida nesse tipo de evento...mas algo chamou a atenção.
Na multidão que, digamos assim, prestigiava o evento, não estavam apenas moradores do bairro, mas vários funcionários públicos contratados, ou comissionados (como são chamados na Prefeitura), que não residem no Caraguava.
O que eles (falo dos que não moram naquele bairro) faziam por lá? O sujeito rala, de segunda a sexta, em alguma repartição pública municipal, chega o sábado (descanso merecido)....e, supondo que more (exemplo) na vila Erminda...vai até o Caraguava, assistir à inauguração de obra? Para quê? Me parece estranho, não é mesmo?
Trata-se de uma questão curiosa, que lembra aquelas famosas manifestações, em 2004, a favor do então prefeito.....nas quais não faltavam.....funcionários publicos municipais contratados.
Eles estavam aos montes, berrando, cantando, com bandeiras (eram até filmados, por outros contratados...devia ser para guardar as imagens de lembrança, eu acho)....tudo muito...bonito? Existia legitimidade no comportamento de muitos dos manifestantes? Eles DESEJAVAM, GOSTAVAM do que faziam? Participavam por pura e livre iniciativa?
Lembro da noite em que a vitória do principal candidato da oposição foi anunciada. Foi um desespero entre a turma da situação: contratados choravam, teve até uma pobre mulher que disse O DIABO VENCEU !!!!
Choravam pelo prefeito derrotado? Não, por eles mesmos...acho que nem preciso explicar o motivo.
Quem tiver curiosidade, peço que converse com algum contratado (do baixo escalão), sobre a "vida fácil" (ironia) que eles levam, sobre escolhas que precisam fazer.
E a imagem que ilustra a postagem? Ah, são servos da idade média, gente que tinha estar bem na linha com o senhor feudal, aceitar seus caprichos, e que levavam uma vida muito dura.
Estão entendendo?

Texto recomendado:

terça-feira, 1 de setembro de 2009

Peruibe 2010 + efeito gripe suína = cidade falida

Peruíbe sofrerá muito com a gripe suína. E não falo apenas das vítimas fatais que teremos.
A economia desta cidade tem pouca diversidade e nenhuma vitalidade. Que as pessoas não se enganem com os belos prédios e casas sendo construídos: continuamos a ter um desemprego elevado e, consequentemente, elevada migração de moradores, para outros cantos de SP, do Brasil e até do mundo.
A elevada dependencia do turismo, torna Peruíbe ainda mais sensível a tragédia anunciada da gripe suína, que, em 2010, trará consequencias graves para a humanidade.
Não produzimos nada de significativo (bananicultura em declinio) , que seja necessário, mesmo no auge de uma Pandemia. Peruíbe não terá nenhuma importancia estratégica, ao contrário de municípios que produzem alimentos, os quais terão que continuar a fornecer, para a sobrevivencia da população. Basta uma interrupção do movimento turístico, em um verão.....e esta cidade, literalmente, quebra, como uma maquina velha.
Durante décadas, sucessivos prefeitos se acostumaram ao desgastado modelo economico veraneio/comércio/ construção civil . Era o que bastava....para que mais?
Os discursos sobre as tais industrias, que viriam, feitos durante tantos anos, tinham pouco realismo (só um Porto em Peruíbe justificaria tais investimentos); poucas são as fábricas montadas por aqui. Quanto as "alternativas economicas ao Porto Brasil"....demagogia pura, pois os que tanto falavam em alternativas estão calados, ficaram só nos discursos.
2010 será um ano terrível para Peruíbe. Se agora, o trabalhador já sofre para conseguir emprego, imaginem quando o pior da H1n1 começar. E imaginem o depois.....teremos um futuro próximo, estilo pós-apocalíptico.
Atualmente, vaga de trabalho funciona no "esquema de rodízio", já que são poucos os empregadores que pagam "decentemente" ( respeitam a base, ou seja, pagam pelo menos o salário mínimo), o que leva a um giro, que pode chegar ao cumulo de, em alguma lanchonete, vermos, a cada semana, um funcionário diferente !!!!
Bom, em textos anteriores, sugeri o cancelamento do próximo carnaval, para nos poupar de grandes aglomerações, as quais só tornarão a situação mais perigosa; sugeri pensando em poupar os nossos moradores, mas sei que não serei ouvido; os interesses de tipos oportunistas falará mais alto.