segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Estaleiro em Peruibe: Vão tentar barrar também?

Vejam esta notícia, muito significativa, quanto ao futuro de Peruibe ( a qual, é claro, uma certa turma vai fazer questão de desqualificar) dada pelo jornalista Joelmir Beting:

"A partir do ano que vem a prosperidade economica vai descer a serra do mar em forma de bola de neve, ou melhor, bola de sal, de oleo e de gás. O pré-sal da Bacia de Santos, que ensaia multiplicar por quatro ou por cinco as reservas do Brasil em petróleo e gás, vai desencadear uma avalanche de investimentos estaais e privados em quase todos os municipios da Baixada Santista. As prefeituras não vão ganhar royalties, banidos dos campos ainda não licitados como manda o marco regulatório do pré-sal e que em agosto deverá ser remetido ao congresso. Mas os municipios ganharão portos, terminais, aeroportos. oleodutos, gasodutos, estaleiros, rodovias, ferrovias, condominios corporativos, condominios residenciaís, complexos hoteleiros, vasta rede de serviços que gravitam ao redor da moderna industria petrolífera. Cubatão, por exemplo, que hospeda o aço da antiga Cosipa, hoje Usiminas, vai receber um grande estaleiro, tanto para as embarcações do pré-sal, quanto também para as plataformas do pré_sal. TAMBÉM ESTÃO ESPERANDO POR ESTALEIROS, BERTIOGA E PERUIBE."


O senhor Joelmir, do grupo BANDEIRANTES de comunicações (rádio e TV bandeirantes), será, com certeza, defenestrado pela turma contrária ao Porto em Peruíbe, os quais farão questão de minimizar as afirmações dele, ou ignorá-las, ou, até mesmo, ridicularizá-las.
Funciona assim: em uma postagem mais antiga minha, intitulada GOVERNO PAULISTA QUE RESSUCITAR PROJETO DO PORTO BRASIL EM PERUIBE, citei um artigo da revista VEJA. Vou reproduzir um trecho:

"Na revista VEJA de 25/2, holofote, página 30, foi noticiado que o governo paulista (governador José Serra, presidenciável) pretende RESSUSCITAR O PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE UM PORTO EM PERUIBE !!!
Um certo CLAUDIO VAZ, presidente de uma agencia de investimentos de SP, chamada INVESTE SÃO PAULO, considera que a PETROBRAS (pois é, pré-sal, pós-sal...sabem como é) só irá explorar as jazidas da bacia de Santos, se tiver um Porto exclusivo no estado, e a área de Taninguá, em Peruibe, constitui um dos poucos lugares disponíveis.Na revista VEJA de 25/2, holofote, página 30, foi noticiado que o governo paulista (governador José Serra, presidenciável) pretende RESSUSCITAR O PROJETO DE CONSTRUÇÃO DE UM PORTO EM PERUIBE !!!"

Pois bem, uma certa ONG fez questão de ridicularizar a noticia, tentou diminuir a sua importancia, se esquecendo....que foi justamente na VEJA, na seção HOLOFOTE, que foi, em primeira mão, notificado o interesse do Eike Batista em Peruibe. Um fato.
Agora, vejam este outro trecho, de uma outra postagem, sobre os interesses do governo federal, sobre um porto em Peruibe:

"Um estudo entregue ontem à Secretaria Especial de Portos do governo federal aponta duas possíveis áreas na região com viabilidade para a construção de novos terminais.
A análise, de responsabilidade da Antaq ( Agência Nacional de Transportes Aquaviários), encontrou características naturais em Ubatuba que possibilitam as atividades portuárias. A localização exata dos locais não foi divulgada.
São indicativos que atendem a critérios básicos, como a profundidade marítima, a não interferência com área de urbanização e de preservação ambiental federal, entre outros aspectos", disse Maria Beatriz Berti, técnica do Centro de Excelência em Técnica de Engenharia de Transportes, conveniado à Antaq.
Todo o estudo levou menos de 180 dias para a conclusão. Agora, de acordo com a Antaq, cabe à Secretaria Especial de Portos definir onde e como instalar os empreendimentos.
Além das áreas em Ubatuba, outras 17 foram mapeadas em toda costa brasileira. No litoral paulista, Peruíbe também apresentou características viáveis para os investimentos."

Neste caso, um senhor de uma famosa ONG (cadê as alternativas economicas para o Porto Brasil? perguntem para ele) , fez questão até de postar nos comentários, minimizando....dizendo que era apenas um estudo do governo federal, que ia ficar por isso mesmo....será? Será mesmo?
Para quem não sabe,um estaleiro é o local onde se constroem, guardam e são reparadas embarcações....vejam a foto. Não falo de um local para se construir e reparar barquinhos de pesca. No caso de Peruibe, essa instalação serviria a PETROBRAS. Imaginem o tamanho, e os recursos lá empregados.
E onde tal estaleiro poderá ser construído? Só em Taninguá, a nossa última fronteira, a nossa terra prometida. Pois é, parece destino histórico !!!
Se preparem, pois vai ser um berreiro da turma antiporto, detonando o jornalista, ou tentando colocar a questão como algo sem importancia já que "eles já venceram".
Quero ver passarem por cima da PETROBRAS.
Quero só ver. Basta ela ter interesse.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

gripe suina em peruibe: a primeira vítima na cidade


GRIPE SUÍNA PROVOCA MAIS UMA MORTE NA REGIÃO
De A Tribuna online


Um homem, de 60 anos, morador do Centro de Peruíbe, foi a oitava vítima da vírus Influenza A (H1N1), conhecido como gripe suína, na região da Baixada Santista. O homem possuía problemas renais.

A data da morte do paciente ainda não foi divulgada. Segundo a Vigilância Epidemiológica do Município, a vítima fatal apresentou os sintomas durante as sessões de hemodiálise a que era submetida em Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira.

Além deles, outras duas pessoas, que também fazem hemodiálise, apresentaram os sintomas da nova gripe. Uma delas já recebeu alta e a outra permanece em isolamento no Hospital Regional de Pariquera-Açu.

A Cidade ainda tem um quarto caso confirmado. É uma mulher de 40 anos que trabalha em na Praia Grande. Ela se sentiu mal a caminho do trabalho, deu entrada no Pronto Socorro Central de Praia Grande, onde efetuou o tratamento.


Um homem, de 60 anos, morador do Centro de Peruíbe, foi a oitava vítima da vírus Influenza A (H1N1), conhecido como gripe suína, na região da Baixada Santista. O homem possuía problemas renais.

A data da morte do paciente ainda não foi divulgada. Segundo a Vigilância Epidemiológica do Município, a vítima fatal apresentou os sintomas durante as sessões de hemodiálise a que era submetida em Pariquera-Açu, no Vale do Ribeira.

Além deles, outras duas pessoas, que também fazem hemodiálise, apresentaram os sintomas da nova gripe. Uma delas já recebeu alta e a outra permanece em isolamento no Hospital Regional de Pariquera-Açu.

A Cidade ainda tem um quarto caso confirmado. É uma mulher de 40 anos que trabalha em na Praia Grande. Ela se sentiu mal a caminho do trabalho, deu entrada no Pronto Socorro Central de Praia Grande, onde efetuou o tratamento.

Bem, essa é a noticia oficial.Para que se entenda o que eu quero dizer, durante anos se disse, que a PANDEMIA de Gripe espanhola, teria matado vinte milhões de pessoas: hoje já se sabe que os numeros foram muito maiores, algo entre quarenta e setenta milhões.
Prestem muita atenção: existe grande preocupação com a próxima temporada de verão e, é claro, que se dirá que Peruibe será um lugar seguro, que os turistas poderão vir, que A MORTALIDADE DA GRIPE A É MENOR DO QUE A COMUM (alguém aqui conheceu algum peruibense que tenha morrido por gripe comum?), que só afeta quem tem A IMUNIDADE BAIXA (argumento grosseiro) e por aí vai.E, é claro, que o calor não ajuda na proliferação....tudo bem, já ocorrem obitos na região amazonica, bem quente....algo para se pensar, não é?
Eu apenas digo: se VC turista, considerar que não é seguro visitar Peruibe, em consequencia disso....pois que não venha; vou repetir: POIS QUE NÃO VENHA !!!
É isso mesmo. Este não é um blog para enaltecer, idolatrar Peruibe. Se tiver duvidas, quantos aos riscos, de frequentar esta cidade na virada de ano ou mesmo no CARNAVAL (grandes aglomerações, algo para se pensar) sugiro que pense, seriamente, se vale a pena vir até aqui.
Estamos enfrentando UMA PANDEMIA, cujo vírus caminha para uma mutação mais grave, e divertimentos valem menos do que se correr riscos desnecessários.
Pensem bem nisso, caros turistas e veranistas.

quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Peruibe: que seja feita justiça !!!!

Réus em processo de assaltos e morte em Peruíbe têm 1ª audiência

De A Tribuna On-line

Foi realizada nesta quinta-feira a primeira audiência dos 12 acusados de participar de uma quadrilha responsável por praticar pelo menos seis assaltos em Peruíbe no começo do ano. Um deles resultou na morte de uma turista de Mauá, de 25 anos.

A audiência, que aconteceu na Câmara de Peruíbe, começou às 9 horas e só acabou às 15h30. Sete testemunhas foram ouvidas. Os réus, 12 homens, a maioria moradores de Osasco, estão presos no CDP de Praia Grande desde fevereiro.

Eles foram detidos pela polícia em uma casa, no bairro Jardim Ribamar, depois de assaltarem um minimercado da cidade. O circuito de segurança do estabelecimento registrou a ação dos bandidos.

Primeiro, dois entraram e renderam o comerciante. A funcionária do caixa foi obrigada a entregar o dinheiro. Um cliente também teve que deitar e outros integrantes da quadrilha chegaram em duas motos para ajudar na fuga.

Na delegacia, os acusados foram reconhecidos também por um assalto a um quiosque na orla que resultou na morte de uma turista de 25 anos. Ela foi atingida por um tiro na cabeça durante a fuga da quadrilha. As informações são da TV Tribuna.

que sejam condenados a uma pena justa !!!!

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

ONG Mongue .....eu te compreendi !!!!!


Verba investida no Congresso seria bem utilizada por ONGs

27/06 - 10:04 - Nara Alves, repórter iG no Rio


O que você faria com R$ 32,49? Pode parecer pouco, mas para os 26% dos brasileiros que vivem com até um salário mínimo, ou seja, R$ 380, a quantia é valiosa. A verba também seria muito bem aproveitada por organizações não-governamentais que se desdobram para conseguir patrocinadores que viabilizem seus projetos sociais. O valor de R$ 32,49 é o que todo cidadão desembolsa anualmente em impostos para manter os parlamentares no Congresso Nacional.

“Com esta verba por criança, poderíamos realizar um ciclo de formação profissional, com palestras e atividades. Ou, então, levar cada uma delas para brincar no Hopi Hari”, calculou o coordenador-geral da ONG Sonhar Acordado, Thiago Gallina. O trabalho da ONG consiste em buscar crianças em risco social ou com doenças graves em orfanatos e creches com más condições financeiras e proporcionar-lhes uma formação ética e profissional para que possam entrar no mercado de trabalho.

A instituição faz parte de uma rede internacional que atende a cerca de meio milhão de crianças carentes. Em São Paulo, onde fica a sede da ONG no País, 1.200 são beneficiadas. “Não recebemos dinheiro de fora, só normas, regras e metodologia”, esclarece Gallina. Essas crianças, ao saírem da ONG, vão enfrentar uma disputa acirrada na busca por uma vaga. A taxa de desemprego em maio nas seis maiores regiões metropolitanas do País foi de 10,1% da população economicamente ativa, isto é, 2,3 milhões de brasileiros, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Dos que conseguem se inserir no mercado formal ou informal, 26% com mais de 10 anos de idade ganham até um salário mínimo. Até dois mínimos, encontram-se mais 22%, o que significa que 48% dos ocupados vivem com até R$ 760. Deste total de ocupados, 69,4% são empregados e 30,6% trabalham por conta própria, segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese).

Diante desse quadro de desemprego, a ONG Mongue Proteção ao Sistema Costeiro, de Peruíbe, no litoral sul paulista, também decidiu investir na inserção econômica. A instituição desenvolve projetos de inclusão digital voltados para os caiçaras da região da Estação Ecológica Juréia-Itatins e na Área de Proteção Ambiental (APA) Cananéia-Iguape. “Muitas vezes as pessoas não têm dinheiro para chegar até a cidade para fazer o curso, que é gratuito. Com esse dinheiro, um caiçara pode pagar passagem de ida e volta de ônibus e assistir a 10 aulas”, orçou o secretário-geral da ONG, Plínio Melo.

Outra boa utilização do dinheiro seria comprar 13 litros de gasolina para abastecer o barco que faz a travessia do rio Una dentro da APA levando crianças à escola por duas semanas. Se o cálculo fosse feito somando as quantias despendidas em impostos por pessoa envolvida na ONG, daria cerca de R$ 6,5 mil, já que são mais de 200 participantes. “Com esse total, poderíamos construir uma marcenaria para trabalhar com a caixeta, uma madeira da região, na construção de violas e artesanato caiçara para vender. Dava para gerar renda pro pessoal aqui para a vida toda”, imaginou Melo.

A noticia já é antiga....mas exclarece muito. A "inserção economica" não incluiu a maior parte dos peruibenses....pois é, nem todos que moram aqui são caiçaras, vivem da pesca....dá para compreender.

Na mentalidade dessa ONG, o que importa, de fato, É EXCLUSIVAMENTE A SOBREVIVENCIA DO SISTEMA DE PRODUÇÃO CAIÇARA !!! E nós, moradores da área urbana peruibense, que contamos com outras atividades para nosso sustento? Como é que ficamos ?

Claro, que estou sendo ironico, tanto no titulo do texto, quanto na postagem da noticia acima. Estou cansado de saber, que, a MONGUE não está preocupada com a questão tão conhecida do desemprego do qual sofre parte da população urbana de Peruibe. Exemplo: o sujeito nasceu aqui, mora no CARAGUAVA, filho de nordestinos, está desempregado.....mas azar !!!! QUEM MANDOU ELE NÃO SER CAIÇARA DA GEMA !!!! Se vira, vai pra São Paulo....vai para qualquer lugar !!!! Não é problema da ONG Mongue !!!

Os, digamos assim, moradores tradicionais, têm direito a preservação da sua cultura e modo de vida? Sou totalmente a favor. Minha mãe nasceu na Barra do Una, tenho muitos laços familiares com o povo caiçara, embora não me considere um, pois nasci na capital.

É preciso a busca por um meio termo, pelo qual a ONG Mongue não se interessa. Visitem o site dela e vejam. Procurem por lá. Onde estão "as alternativas economicas ao PORTO BRASIL", que os antiporto tão ardorosamente defenderam, inclusive em debates no ORKUT? Falavam de RESORTS e até em CRIAÇÃO DE LAGOSTA....cadê esse pessoal ? Cadê as alternativas ?

Pois é. As tais alternativas eram apenas para distrair, pois os que as defendiam, com tanto ardor....não pareciam tão interessados em aplicá-las.

Podemos culpar os nossos governantes, ou seja, o clâ que hoje controla a prefeitura, ignorando que tal familia só está lá por ter sabido convencer o eleitorado não-caiçara mais humilde, de que eram a solução para suas mazelas; eleitorado o qual é azarado, por não ter nenhuma ONG famosa, preocupada com seu sustento.

algo que a ONG Mongue não comenta:

domingo, 9 de agosto de 2009

LITORAL PLAZA SHOPPING E UM SONHO PERUIBENSE




Aproveitando as minhas férias, resolvi ir ontem (sábado) até Praia Grande, onde, com um amigo, visitei o Shopping LITORAL PLAZA.


O lugar estava lotado, sendo que até vimos outros peruibenses. O que eu quero dizer, é que aquele local não tinha apenas praiagrandenses, mas consumidores das cidades vizinhas. Aqui, na nossa "parte da baixada santista", algo similar ao LITORAL PLAZA simplemente não existe; parece ficção científica para a nossa realidade.

Durante anos, escutei o conto do SHOPPING PERUIBE, ou seja, de um sofisticado centro de consumo, serviços e lazer, que seria construído na Avenida Anchieta, em frente ao condomínio Praia do Arpoador, o que não aconteceu. Uma placa ficou durante durante anos em um terreno vazio, onde hoje existe....um outro condomínio.

Creio que o motivo de não temos um SHOPPING de verdade é simples: não temos consumidores de classe média, em quantidade suficiente, para justificar tal empreendimento. E não estou falando apenas de consumidores locais.

Vou dar um exemplo: Ubatuba, uma cidade MUITO MENOR DO QUE A NOSSA (pois é) possui um SHOPPING chamado PORTO ITAGUÁ (Itaguá é um bairro chique ubatubense), com direito a
MCDONALD'S, sorveteria ROCHA (aquela famosa do litoral norte, que tem filial aqui), cinema, café, loja de importados....e por aí vai. Como é que UBATUBA PODE E PERUIBE NÃO PODE?

Ubatuba atrai turistas paulistanos com melhor condição financeira, o que tornou viável o negócio, mesmo fora da temporada, já que os veranistas que tem casas na cidade também possuem mais recursos.

E Peruíbe? Pois é .... esta cidade segue apagada, perdendo ano após ano, o trem do futuro, sem um empreendimento como um SHOPPING CENTER, o qual poderia fazer a diferença.


sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Copa 2014 : que o Brasil sofra uma grande derrota !!!!


Pela Copa-2014, cidades iniciam festival de gastos sem licitação

Apesar de ainda não saberem se abrigarão jogos do Mundial do Brasil, cidades favoritas e zebras para sediar partidas da Copa-2014 já abrem o cofre para tentar se garantir como sede, informa a reportagem de Felipe Bächtold e Matheus Pichonelli, da Agência Folha, publicada hoje pela Folha (a íntegra está disponível apenas para assinantes do jornal e do UOL).
Os gastos vão desde a contratação sem licitação de consultorias para elaboração de projetos até viagens e a participação em eventos. Estão na disputa 18 cidades, mas no máximo 12 serão sedes.
Duas multinacionais de consultoria vão receber, juntas, mais de R$ 5 milhões para realizar estudos de viabilidade técnica das candidaturas. A Price Waterhouse foi contratada em Goiás, Pará e Rio Grande do Norte. A Deloitte, no Amazonas e em Mato Grosso. Os governos dispensaram licitação.
Só em Natal (RN), os gastos previstos para essa fase da candidatura são de R$ 3,5 milhões. O Pará, que gastou R$ 2,1 milhões só em consultorias, mandou representante do comitê à Itália para "registrar" o projeto.
Rio Branco, a menor cidade candidata, já consumiu R$ 350 mil -também sem licitação- no projeto de reforma de seu estádio, a Arena da Floresta. O governo do Ceará estima ter gasto até agora R$ 1,5 milhão, incluindo a contratação, sem exigência de licitação, por R$ 36,2 mil, de uma promotora de eventos para uma feira.

Data: 18/01/2009 - Fonte: Folha Online
Sabem de uma coisa.....EU QUERO QUE A COPA DO MUNDO DE 2014 SE EXPLODA !!!!
QUE O BRASIL SOFRA UMA GRANDE DERROTA !!!! QUE SEJA HUMILHADO, DE PREFERENCIA....NO FINAL !!!!
Vejam a noticia acima. Já pararam para pensar sobre a origem de tanto dinheiro? Da iniciativa privada é muito pouco...é do bolso do contribuinte, que sairá quase tudo.
Vamos aos fatos cruéis: FUTEBOL é apenas um esporte, só isso e nada mais, algo tão importante quanto um gibi do cebolinha, desenho animado do Pernalonga, mangá e outras diversões...só isso.
Considerar Futebol algo importante para este país é uma estupidez. É APENAS UM ESPORTE !!!!
Toneladas de dinheiro dos nossos impostos serão gastos nessa bobagem, chamada COPA DO MUNDO DE 2014 ; DINHEIRO QUE PODERIA IR PARA EDUCAÇÃO, SAÚDE, ESTRADAS, ETC....mas não adianta escrever isso, em um blog infame. Mas posso desabafar....e torcer.
Sim...torcer.....TORCER PELA DERROTA DA SELEÇÃO BRASILEIRA !!!!! E na final .
Como seria bom .... novamente, o URUGUAI vencendo, detonando com esse devaneio esportivo que só prejudica o nosso país, e com os lucros de capitalistas futebolistas ???? Seria legal.
Mas....já que dizem que o futebol uruguaio não está com nada.....que a ARGENTINA TRIUNFE EM 2014 .
Argentinos, por favor, ajudem o meu país, vencendo em 2014.