quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

RELATOR DA LAVA JATO FALECE EM ACIDENTE AÉREO - JANEIRO DE 2017





"Temos que mudar a pauta de hoje. A morte do ministro Teori Zavaski coloca mais incertezas no quadro já incerto da economia brasileira, mas que ensaiava alguns cenários mais positivos. E não falo aqui da teoria da conspiração não. A questão é que o ministro teria um papel fundamental no encaminhamento dos processos relacionados à Lava Jato, no que se refere ao envolvimento de políticos, do ex e do atual governo, E sabemos que todas as projeções para a economia, até esse otimismo mais recente, sempre tinham um porém por causa do cenário político, das delações e de possíveis desdobramentos da Lava Jato. O que se espera é que o processo siga seu curso, da mesma forma como ocorreria com Zavaski. Mas essa confiança vai depender muito de quem irá substitui-lo. No mínimo, podemos ter atrasos, um prolongamento desse suspense todo, do quanto o cenário político, do quanto a Lava Jato ainda poderá influenciar a esperada retomada do crescimento e a agenda de reformas, de ajustes, que podem fazer com que a economia brasileira e o país voltem aos trilhos. Há sinais mais positivos, como essa queda da inflação mais consistente, a perspectiva de uma queda mais acentuada e prolongada também dos juros, o avanço do ajuste fiscal, de reformas, até de um ânimo maior dos empresários diante disso tudo. É esperar que o imprevisível não jogue contra."





MARCADORES: BRASIL, BRASILEIROS, OPERAÇÃO LAVA JATO, MINISTRO TEORI ZAVASCKI, FALECIMENTO, MORTE, ACIDENTE AÉREO, STF / SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL, 2017


Nenhum comentário: