domingo, 27 de novembro de 2016

O CÍRCULO VICIOSO DA CRISE PERUIBENSE - NOVEMBRO DE 2016





Como se não bastasse a recessão (ou talvez depressão) brasileira, o abandono em que se encontra a cidade faz que ela receba poucos investimentos privados. O resultado é que a crise é mais grave do que em municípios vizinhos como Itanhaém, pois empresas de fora que poderiam se instalar por aqui se mantém longe, contribuindo para que o desemprego se mantenha elevado, fazendo com que mais jovens migrem. Com isso existe menos gente daqui comprando no comércio local, o que afeta a arrecadação de impostos, os recursos para a prefeitura minguam, a crise piora e cada vez há mais peruibenses saindo daqui.

Um círculo vicioso que a próxima Administração Pública Municipal precisará quebrar, antes que a própria cidade quebre de vez.


MARCADORES: PERUÍBE, PERUIBENSES, PERUIBANOS, CÍRCULO VICIOSO, CRISE, RECESSÃO, DESEMPREGO, COMÉRCIO, JOVENS, MIGRAÇÃO, NOVO GOVERNO / ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL A PARTIR DE 2017


Nenhum comentário: